Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Governador da Flórida, DeSantis, entrará na corrida presidencial de 2024 em evento com Musk

O governador da Flórida, Ron DeSantis, cujas batalhas acaloradas sobre lockdowns na pandemia e questões culturais controversas o tornaram querido pelos conservadores, anunciará na quarta-feira que está buscando a indicação presidencial republicana, colocando-o em rota de colisão com o ex-presidente norte-americano Donald Trump.

DeSantis fará o anúncio no Twitter durante uma conversa com o proprietário da plataforma, Elon Musk, confirmou a equipe política do governador. Ao mesmo tempo, ele apresentará um documento à Comissão Eleitoral Federal declarando sua candidatura.

A NBC reportou pela primeira vez o anúncio planejado.

Musk confirmou sua aparição em um webcast durante uma conferência organizada pelo Wall Street Journal, dizendo que não estaria apoiando DeSantis.

“Neste momento, não estou planejando apoiar nenhum candidato em particular, mas estou interessado na possibilidade de que o Twitter seja uma espécie de praça da cidade”, disse Musk.

DeSantis foi reeleito com folga para um segundo mandato em novembro. Seu crescente perfil entre os republicanos e sua capacidade de arrecadação de fundos provavelmente o tornam a maior ameaça às esperanças de Trump de se tornar o candidato republicano à Casa Branca novamente.

Os dois republicanos foram aliados próximos durante os quatro anos de Trump na Casa Branca — Trump o apoiou durante sua primeira campanha para governador — mas DeSantis desde então forjou sua própria identidade política. Aos 44 anos, ele pode representar o futuro do partido mais do que Trump, aos 76 anos.

“Anunciar no Twitter é perfeito para Ron DeSantis. Dessa forma, ele não precisa interagir com as pessoas e a mídia não pode fazer perguntas a ele”, disse um assessor de Trump que pediu para não ser identificado.

DeSantis convocará uma reunião em Miami com seus principais doadores, que iniciarão imediatamente seus esforços presidenciais de arrecadação de fundos.

Por James Oliphant, Alexandra Ulmer, Jasper Ward e Ben Klayman