Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Governador do Moxico inicia hoje visita a Zâmbia

O governador provincial do Moxico, Ernesto Muangala, deslocou-se, hoje, segunda-feira, à província Ocidental, na República da Zâmbia, para participar da 1ª sessão de Cooperação Regional e Intercâmbio Cultural Moxico-Província Ocidental.

No primeiro dos três dias de trabalho nessa província situada a Oeste da Zâmbia e a Leste de Angola, Ernesto Muangala e a sua delegação vai visitar a sede do Governo Provincial local e o Palácio Real Barotse, instalados no Distrito de Mongu, capital da província Ocidental.

O programa que a ANGOP teve acesso prevê, para o segundo dia, a participação do governador num Fórum de Intercâmbio de Negócios.

Nesse evento, se prevê que Ernesto Muangala apresente a realidade sócioeconómica do Moxico, as potencialidades e as áreas abertas ao investimento privado, além das facilidades legislativas económicas adotadas pelo Governo Angolano, nos últimos anos, que incentivam o investimento privado.

O Fórum vai ainda debater a situação política, segurança, educação, saúde, comércio, economia, turismo, cultura, pecuária, pesca e agricultura.

O Fórum encerra com “Declarações Conjuntas” dos governantes do Moxico e do Ocidental, respectivamente, Ernesto Muangala e Kapelwa Mbangweta.

A delegação do governador provincial do Moxico regressa à Angola na quarta-feira.

Potencialidades turísticas do Moxico

Com 223.023 km2 de extensão, Moxico é a maior província de Angola, em extensão territorial, e rico em recursos hídricos, dados os inúmeros rios que o cruzam, oferecendo paisagens e quedas de águas exuberantes.

A beleza turística dessa província do leste de Angola é assinalada pelas excêntricas chanas alagadas na época das chuvas às quedas de água de Chafinda (Chindela), no município do Léua, além das do rio Luizavo, no Alto Zambeze, ou as de Sacapinji e Tchimbinga, no rio Cassai, no Luacano.

Há ainda as lagoas de Mulondola, na comuna do Lucusse, Calundo e Kamacanda, no Léua, de Mujinatena, no Alto-Zambeze, ou de Nhaumba, em Luacano, contando, igualmente, com o majestoso Lago Dilolo, o maior de Angola e um dos maiores de África.

O Lago Dilolo, um mistério aquático a céu aberto na comuna do Dilolo, situado nomunicípio do Luacano, possui mais de mil metros acima do nível do mar.

A maior província de Angola, habitada por quase um milhão de pessoas, possui ainda uma reserva natural, o Parque Nacional da Cameia, no município com o mesmo nome (Cameia).

Além da bacia hidrográfica do Zambeze, que o inunda sazonalmente num ciclo que deu origem a uma fauna e flora muito específicas, o Parque abriga ainda animais, como leões, hienas malhadas, leopardos, chitas e hipopótamos. A reserva aguarda por repovoamento selvagem e de melhores acessos.

Mais potencialidades

Rica em recursos hídricos, Moxico possui igualmente uma intricada riqueza mineral nos seus subsolos, segundo estudos preliminares do Planageo, enquanto que, o clima e as condições do terreno, devido a vasta chana, propiciam culturas do arroz, do massango, batata rena e doce, mandioca, milho, feijão, tomate e amendoim.

A província possui uma floresta densa excêntrica produtora de mel de qualidade para consumo humano, medicinal e animal. YD