logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Angola

Igreja Tocoísta expande acções para outros países africanos

Falando durante a Conferência Episcopal da Igreja Tocoísta, a decorrer até sábado, na cidade do Lobito, Dom Afonso Nunes referiu o plano de Evangelização e mapeamento de novas zonas e afirmou ser ambição atingir todos os países africanos e outros continentes nesta nova era da igreja.

No seu discurso, o bispo tocoísta defendeu que a igreja deve espelhar a transparência para a boa governação e para o bem da instituição, fazendo referência às áreas financeira, económica, eclesiástica, espiritual e outras.

Sublinhou que esta Conferência Episcopal está a realizar-se, pela primeira vez, na província de Benguela, no quadro da sua descentralização para melhor acompanhamento das ovelhas.

Porém, fez questão de lembrar que a cidade do Lobito, que acolhe o certame, sempre foi, desde a era colonial, um baluarte da Igreja Tocoísta, devido à grande adesão que  esta confissão religiosa goza naquela localidade.

Segundo o bispo, esta estratégia de descentralização visa o alargamento e o fortalecimento do processo de ensino e maturidade dos membros na fé, no âmbito da nova visão da instituição religiosa.

Ao ser questionado, por outro lado, pela Angop, sobre a situação actual da igreja nos domínios jurídico-legal, o bispo Dom Afonso Nunes realçou primeiro as boas relações com o Estado e assegura que a denominação “tem cumprido com todas as suas obrigações”.

Relativamente a unidade e reconciliação entre alguns membros descontentes com a sua liderança, Dom Afonso Numes minimizou o facto alegando que “numa grande comunidade existe sempre ideias diferentes, mas o fundamental é a flexibilidade das pessoas para chegar-se ao entendimento”.

Este primeiro de dois dias do evento, com 250 conferencistas, incluindo dois representantes da República Democrática do Congo e igual número da Bélgica, foi dominado com a apresentação dos relatórios de balanço e contas referentes ao ano de 2018

Sábado, os 250 conferencistas darão sequência a esta temática com o estudo e reflexão sobre a execução do orçamento geral e aprovação do previsto para o exercício de 2020, cujos valores não foram especificados.

Durante o evento, cuja abertura foi presenciada pela vice-governadora provincial de Benguela para a Área Política, Económica e Social, Deolinda Valiangula, os conferencistas vão ainda visitar os templos da Igreja Tocoísta nas cidades da Catumbela, Benguela e Baía Farta.

O programa de encerramento reserva a realização de uma missa campal no Lobito.

A Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo foi fundada a 25 de Julho de 1949 pelo profeta angolano Simão Gonçalves Toco. Está implantada nas 18 províncias do país e em cerca de 30 país entre África e Europa, com destaque para o Congo Democrático e o Reino da Bélgica.

All rights and copyright belongs to author:
Themes
ICO