Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

MINSA negocia com sindicato dos enfermeiros

O Ministério da Saúde e o Sindicato dos Enfermeiros reuniram-se, quarta-feira, em Luanda, para discutir os pontos constantes no caderno reivindicativo dos profissionais, de modo a se evitar uma greve.

No caderno reivindicativo, os enfermeiros reclamam o pagamento dos subsídios da Covid-19, transição dos auxiliares de enfermagem de terceira classe, seguro de saúde, promoção e actualização de categorias, pagamento das horas extras e incremento de seis por cento do salário e sua relação com a compensação financeira.

Em declarações à imprensa, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, referiu que as várias questões que preocupam a classe têm merecido uma abordagem multissectorial, com a intervenção dos ministérios das Finanças e da Administração, Trabalho e Segurança Social.

Reconheceu que o Sindicato Nacional dos Enfermeiros tem imprimido uma dinâmica relevante para um trabalho cada vez mais humanizado nos hospitais.

Por seu turno, o secretário-geral do Sindicato dos Enfermeiros, Cruz Matete, a reunião decorreu de forma satisfatória, tendo referido que as partes vão continuar a trabalhar para a resolução dos problemas da classe. EVC/ART