Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Porquê investir em pesquisas de mercado para o seu negócio?

Informar é um termo, frequentemente, usado para expressar a acção de uma pessoa que explica um facto, situação ou acontecimento. É fazer com que se torne conhecido ou tomar conhecimento sobre alguma coisa. Logo, a informação é o conjunto destes factos, situações ou acontecimentos que devidamente organizada permite tomar decisões e resolver “problemas”.

Devido a escassez de informação sobre os mais variados domínios de actividade, em 2017, senti a necessidade de elaborar uma pesquisa sobre os Hábitos e Comportamentos dos Angolanos na Internet. Na altura, de formas a reduzir este défice, pensei em dar a minha contribuição à sociedade de modo geral e às empresas em particular, sendo que estes dados teriam utilidade para Particulares e Empresas que investiam ou pretendessem investir na Internet. Caso queira aceda ao estudo aqui.

E que tipo de informação pode aferir no referido Estudo? Ora! Hábitos, comportamentos, tendências e práticas dos angolanos na web. O tempo de navegação, de ondem mais acedem, em que dias e horários, o uso que fazem das redes sociais dentre outros dados, também, interessantes.

Um dado interessante e que merece alguma reflexão: de acordo com o Jornal Expansão “Em Angola por cada 100 empresas que nascem, 70 “morrem” ao fim de cada ano de actividade” (confira artigo aqui). Neste cenário como pode ter certeza que a sua empresa não irá seguir este caminho? A resposta é: com informação. E a melhor forma de obter informação é através de pesquisa de mercado.

O que é e para que serve, então, a pesquisa de mercado?

É um estudo que consiste na recolha e interpretação de informações que permitem gerar insights (percepção/conhecimento) e dar suporte no processo de tomada de decisões. E serve, essencialmente, para ajudar pessoas e empresas a tomarem decisões mais adequadas, seguras, conhecer melhor o mercado, seus concorrentes, público-alvo e o próprio negócio.

Analisar os concorrentes faz toda a diferença para o negócio. Procure saber quais são os pontos fortes e fracos da concorrência e entender como o mercado reage aos acontecimentos. Isso proporciona um lugar privilegiado para enxergar oportunidades que vão além da disputa pelo melhor preço.

Qualquer empresa pode fazer estudo de viabilidade. Sejam elas multinacionais – grandes, médias e pequenas empresas. Podem igualmente fazer, pessoas singulares.

Claro que aqui poderá haver a necessidade de se considerar determinados factores (não propriamente impeditivos) como: o budget (orçamento) disponível e as necessidades do mercado. Entretanto, a pesquisa pode sempre ajudar na obtenção de resultados.

Será que temos no mercado angolano muitas empresas que recorrem a essa prática? Diria que sim, algumas. Existem boas referências de empresas dedicadas a essa actividade e têm, de alguma forma, servido bem os seus clientes.

Essa prática é frequente nas indústrias da Banca, dos Seguros, da Telefonia, das Bebidas e agora também na Moda-Acessórios, Saúde-Beleza e Serviços de modo geral. A Audiência, o Planeamento, Investimentos publicitários e Posicionamento de marcas são as pesquisas mais recorrentes no mercado angolano.

Pesquisa de mercado: como fazer e quais a vantagens?

Pode ser feita em 4 passos:

1 Definir o problema: deve partir de uma necessidade real de informação. Qual deverá ser o melhor nome para o seu produto, por exemplo. Neste passo pense quais são os desafios do seu negócio e quais informações poderiam ajudá-lo a definir os melhores caminhos para tomar decisões mais acertadas;

2 Criar/Testar o questionário: deve trazer de forma clara e objectiva todas as questões que vão ajudar a encontrar respostas ou soluções para o problema de pesquisa. Fazer as perguntas certas é um dos principais pontos para garantir o sucesso da pesquisa. Depois testar;

3 Definir o público: deve considerar aquelas pessoas que realmente podem ajudar nas respostas que pretende. No exemplo acima sobre o nome para o seu produto, porque não perguntar aos seus clientes ou potenciais clientes? Considere que quanto maior for o número de pessoas (amostra) maior a margem de erro;

4 Analisar os resultados: observe os resultados gerais e também se existem diferenças significativas por idade, sexo ou região. Veja igualmente diferenças de comportamentos e opiniões. Assim, poderá obter insights interessantes e conhecer melhor o seu público;

Quanto às vantagens temos, essencialmente, seis (6):

1 Análise qualificada relativamente às possibilidades de expansão do seu negócio;

2 Confiança na tomada de decisões (sejam estas referentes a factores internos ou externos);

3 Manter um posicionamento estratégico mais assertivo frente a concorrência;

4 Grande conhecimento sobre a prospecção e captação de clientes (sabendo de formas efectivas de abordagens);

5 Expectativas alinhadas ao mercado;

6 Facilidade em expandir o seu negócio.

Com esta informação já compreende a importância de se realizar uma pesquisa de mercado. Pois esta quando alinhada e bem desenvolvida, traçando aspectos quantitativos e qualitativos do seu mercado em potencial, torna-se uma excelente ferramenta de orientação para a tomada de decisões dentro do seu negócio, reduzindo incertezas e dando assertividade na execução de determinados processos.

Por Valdemar Vieira Dias
(CEO da VALMONTEIRO, Empreendedor, Especialista em Marketing Digital, Engenheiro Informático e Colunista).