Brazil
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Barroso dá 5 dias para Bolsonaro explicar buscas por desaparecidos na Amazônia

O magistrado fixou multa diária de R$ 100 mil caso a determinação seja descumprida



247 - O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, cobrou informações do governo de Jair Bolsonaro sobre as providências tomadas para encontrar o indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips, que estão desaparecidos desde domingo (5) na Amazônia. 

O magistrado deu um prazo de cinco dias para receber os esclarecimentos e fixou multa diária de R$ 100 mil caso a determinação seja descumprida, informa reportagem da Folha de S.Paulo.

A intimação mira a União, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, o diretor-geral da Polícia Federal, Márcio Nunes de Oliveira, e o presidente da Funai, Marcelo Xavier.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

>> Ministra britânica oferece apoio para buscas de desaparecidos na Amazônia

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Sem uma atuação efetiva e determinada do Estado brasileiro, a Amazônia vai cair, progressivamente, em situação de anomia, de terra sem lei. É preciso reordenar as prioridades do país nessa matéria”, afirmou o magistrado na decisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As buscas passaram a se concentrar em uma área abaixo da "Comunidade Cachoeira", em Atalaia do Norte, nesta sexta-feira (10). Voluntários disseram às equipes responsáveis pela localização que encontraram sinais de escavação às margens do Rio Itaquaí, local onde Bruno e Dom foram vistos navegando.

Nos Estados Unidos para a Cúpula das Américas, Bolsonaro disse nesta sexta que o governo faz “busca incansável” pelos desaparecidos. Antes, chegou a dizer por duas vezes que os dois faziam uma “aventura”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Desde o último domingo, quando tivemos informação que dois cidadãos - um britânico, Dom Phillips, e um brasileiro, Bruno Araújo - desapareceram na região do Vale do Javari, desde o primeiro momento, naquele mesmo domingo, nossas Forças Armadas e a Polícia Federal têm se destacado na busca incansável da localização dessas pessoas. Pedimos a Deus que sejam encontrados com vida", disse nesta manhã.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: