logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Com gol de bicicleta, Grêmio afunda Chapecoense e emplaca quinta vitória seguida

Um golaço de bicicleta do atacante Luciano logo aos dois minutos do primeiro tempo fez o Grêmio emplacar a quinta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo, ao bater a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó, pela 32.ª rodada. O time gremista não atingia esta sequência de triunfos na competição desde 2015.

A boa série fez o time gaúcho dar um importante passo rumo a fase de grupos da Copa Libertadores de 2020 ao se consolidar na quarta colocação, com 56 pontos, quatro na frente do São Paulo. Já a Chapecoense estacionou nos 22 e, em penúltimo lugar, está cada vez mais perto da Série B.

A torcida da Chapecoense que compareceu em bom número à Arena Condá recebeu um balde de água fria logo aos dois minutos. Após escanteio cobrado por Alisson, a bola sobrou para Luciano abrir o placar de bicicleta, marcando um bonito gol. Na sequência, Everton dominou errado e perdeu a chance de ampliar.

O time da casa sentiu o gol sofrido e não conseguia chegar com perigo ao defendido por Paulo Victor. Enquanto isso, o Grêmio ia acumulando chances. Aos 22 minutos, Alisson invadiu a área e finalizou em cima de João Ricardo. Logo depois, os gremistas reclamaram de um pênalti não marcado em Kannemann.

Na melhor oportunidade do time catarinense ao longo de todo o primeiro tempo, Renato escapou em velocidade e passou para Camilo. O meia, porém, escorregou na hora da finalização e desperdiçou uma boa chance.

Precisando da vitória, a Chapecoense criou a primeira chance do segundo tempo logo aos cinco minutos, em finalização de Camilo nas mãos de Paulo Victor. A resposta do Grêmio veio na sequência. Alisson cobrou falta e João Ricardo fez grande defesa.

A partida ficou aberta e o time gaúcho começou a ter muito espaço para os contra-ataques. Aos 23, Pepê recebeu lançamento de Darlan e saiu na cara do goleiro, mas abusou do preciosismo ao tentar por cobertura e mandou pela linha de fundo. A Chapecoense tinha muitas dificuldades para criar.

Em uma das poucas oportunidades, Everaldo aproveitou falha de Kannemann e finalizou na rede pelo lado de fora. Depois disso, o Grêmio controlou a posse da bola e esperou o apito final do árbitro.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 33.ª rodada. A Chapecoense recebe o Ceará, às 18 horas, na Arena Condá, enquanto o Grêmio enfrenta o Flamengo, às 16 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 GRÊMIO

CHAPECOENSE – João Ricardo; Renato, Rafael Pereira, Douglas (Vini Locatelli) e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Camilo (Dalberto); Arthur Gomes (Gustavo Campanharo), Everaldo e Roberto. Técnico: Marquinhos Santos.

GRÊMIO – Paulo Victor; Rafael Galhardo, David Braz, Kannemann e Juninho Capixaba; Darlan (Paulo Miranda), Matheus Henrique, Diego Tardelli (Pepê), Alisson e Everton; Luciano (Patrick). Técnico: Renato Gaúcho.

GOL – Luciano, aos dois minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Amaral (Chapecoense); Patrick e Kannemann (Grêmio).

RENDA – R$ 839.850,00.

PÚBLICO – 13.335 pagantes.

LOCAL – Arena Condá, em Chapecó (SC).

Themes
ICO