logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Goiás derrota CSA e soma a 5ª vitória em seis jogos no segundo turno

O Goiás mostrou não ter se abalado com a derrota para o Botafogo na última quarta-feira, por 3 a 1, e conseguiu a reabilitação já neste sábado à tarde ao vencer o CSA, por 1 a 0, no Estádio Serra Dourada, pela 25ª rodada do Brasileirão. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Michael, que deixou o gramado sob gritos de: “ão, ão, ão, Michael é seleção”.

Com cinco vitórias em seis rodadas do segundo turno, o Goiás chegou aos 36 pontos e subiu para o nono lugar, sonhando com uma vaga na Copa Libertadores. Por outro lado, o CSA perdeu após duas vitórias seguidas e estacionou nos 25 pontos. Em 16º lugar, o time alagoano pode voltar para a zona de rebaixamento no complemento da rodada.

O jogo começou morno, mas aos poucos o Goiás foi se soltando. Gilberto Júnior testou Jordi em cabeçada após escanteio cobrado por Thalles. Na sequência, aos 16 minutos, Yago Felipe arriscou de fora da área e a bola tocou na trave antes de sair.

A chance mais clara veio aos 22. Rafael Moura desviou de cabeça e Michael arrancou em velocidade. Na cara de Jordi, o atacante bateu pela linha de fundo. Em uma das poucas subidas do CSA, Jean Cléber arriscou de fora da área e o goleiro Tadeu segurou sem dar rebote.

O Goiás seguia pressionando e assustou mais uma vez em finalização de Michael na rede pelo lado de fora. Aos 44 minutos, não teve jeito. Após chutão da zaga para frente, Jordi saiu mal e a bola sobrou para Michael completar para o gol aberto.

Apesar de estar atrás no placar, o CSA voltou com uma alteração no sistema defensivo. O goleiro Jordi, com uma lesão na virilha, deu lugar para João Carlos. O empate só não veio no gol contra de Rafael Vaz porque Tadeu fez grande defesa.

Aos 11 minutos, Naldo apareceu como elemento surpresa dentro da área e cabeceou na trave. Depois dos sustos, o Goiás conseguiu equilibrar as ações, mas procurava valorizar a posse da bola.

O Goiás levou um susto aos 43 minutos. Ronaldo Alves bateu colocado e a bola passou raspando a trave de Tadeu. Apesar da pressão esboçada, principalmente através de cruzamentos, o CSA não conseguiu o empate.

Os dois times voltam a campo na quarta-feira, pela 26.ª rodada. O Goiás recebe o Corinthians, às 21h30, no Serra Dourada, em Goiânia (GO). O CSA tem pela frente o Atlético-MG, às 19h15, no Rei Pelé, em Maceió (AL).

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 1 x 0 CSA

GOIÁS – Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto Júnior, Yago Felipe e Thalles (Marcelo Hermes); Michael, Rafael Moura (Dudu) e Leandro Barcia (Papagaio). Técnico: Ney Franco.

CSA – Jordi (João Carlos); Celsinho, Luciano Castán, Ronaldo Alves e Carlinhos; Naldo, Jean Cléber e Jonatan Gómez; Bruno Alves, Bustamante (Jarro Pedroso) e Alecsandro (Alisson Safira). Técnico: Argel Fucks.

GOL – Michael, aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Felipe Fernandes de Lima (MG).

CARTÕES AMARELOS – Thalles e Fábio Sanches (Goiás); Bruno Alves, Carlinhos e Jarro Pedroso (CSA).

RENDA – R$ 94.115,00.

PÚBLICO – 7.420 pagantes (8.826 no total).

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Themes
ICO