logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Morre policial baleado na cabeça durante assalto em Oswaldo Cruz

O Dia

Policial tinha acabado de deixar o serviço quando foi baleado

Rio – Morreu no início da noite desta quinta-feira o cabo Tarssis Mesquita, de 32 anos, que foi baleado na cabeça quando chegava em casa em Oswaldo Cruz, na Zona Norte do Rio. O militar, que era lotado no 18º BPM (Jacarepaguá), levou um tiro na cabeça. O policial tinha acabado de deixar o serviço e foi baleado, por volta das 5h, quando foi abordado por homens armados em uma tentativa de assalto, ainda na madrugada de quinta.

O militar foi socorrido pelo próprio irmão, que também é policial, o cabo Thiago Mesquita da Motta Faria (lotado na UPP Lins), no Hospital Carlos Chagas. De acordo com a Secretaria estadual de Saúde, o policial foi transferido em estado grave para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio.

Nas redes sociais, o perfil do 18º BPM (Jacarepaguá) lamentou a morte do policial. “O Comandante, Oficiais e Praças do 18⁰ Batalhão de Polícia Militar lamentam profundamente o falecimento do nosso herói Cabo PM Tarssis Mesquita da Motta Faria. Que o agir do Espírito Santo de Deus conforte a todos amigos e familiares e conduza o nosso companheiro em paz para a vida eterna”.

O sepultamento do militar acontecerá no Cemitério Jardim da Saudade, em Jardim Sulacap, neste sábado. Com este caso, sobe para 34 o número de policiais militares mortos no estado neste ano, segundo a corporação.

All rights and copyright belongs to author:
Themes
ICO