Brazil
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Padilha diz a empresários que processo de privatização da Eletrobrás possui 'irregularidades explícitas'

Cogitado como para a Fazenda em um eventual governo do PT, Alexandre Padilha, também buscou acalmar o mercado financeiro ao relembrar que Lula "nunca rasgou contratos"



247 - O ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha disse a empresários do Grupo Esfera que o processo de privatização da Eletrobrás ainda não foi concluído e que pode ser questionado na Justiça por apresentar "irregularidades explícitas”. Segundo Padilha, que é cogitado como um dos possíveis nomes para a Fazenda em um eventual governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o investidor que comprar ações da companhia “pode estar dando um tiro no escuro”.

"Não contamos com o ovo antes de a galinha botar. Tem muitas irregularidades explícitas nesse processo de privatização da Eletrobras que poderão ser questionadas na Justiça. Inclusive, acredito que o investidor que vai colocar o dinheiro nessa privatização cheia de irregularidades pode estar dando um tiro no escuro”, disse Padilha durante um jantar com os empresários nesta quinta-feira (9), de acordo com o jornal Folha de S. Paulo

Questionado se a privatização da maior empresa de energia da América Latina poderia ser revista caso Lula seja eleito no pleito de outubro, o ex-ministro enfatizou que “Lula nunca foi um rasgador de contratos". Ainda segundo Padilha, Lula possui um grande apreço pela Eletrobrás em função do processo de  universalização do acesso à energia elétrica durante os governos do PT.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE