logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Regina Duarte, a cotada para a Cultura, tem pendências por Lei Rouanet

Presidente Jair Bolsonaro se encontra com atriz Regina Duarte em Brasília. Foto: Carolina Antunes/PR (via fotospublicas.com)

Jornal GGN – A ‘namoradinha’ do bolsonarismo ganha as redes sociais com um tema controverso, e usado pelos seguidores de Bolsonaro desde sempre: a Lei Rouanet. A atriz e hoje futura secretária da Cultura, Regina Duarte, deve R$ 319,6 mil por irregularidades na Lei Rouanet. As informações são da revista Veja.

Segundo a revista, a empresa da atriz, A Vida É Sonho Produções Artísticas, obteve três financiamentos por meio do incentivo, num total de R$ 1,4 milhão. Em março de 2018, o Ministério da Cultura não aprovou a prestação de contas de um dos projetos, a peça Coração Bazar, que captara R$ 321 mil.

A não aprovação fez com a pasta pedisse a restituição de R$ 319 mil ao Fundo Nacional da Cultura. A empresa entrou com um recurso contra a decisão. Nos outros dois espetáculos aprovados, um teve as contas aprovadas, o outro ainda não foi analisado. Ao ser indagada sobre isso, a atriz disse que fará ‘o que a Justiça determinar’.

Segundo André Duarte, filho e sócio da atriz, houve descuido na prestação de contas. Segundo ele a falta de comprovantes de que o espetáculo, em cartaz de 2004 e 2005, foi exibido sem a cobrança de ingressos, contrapartida do contrato.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Themes
ICO