logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Reinaldo vê Moro como a maior ameaça à democracia no Brasil

"Não! Não temam os tolos e os patetas. O que nos ameaça são as aspirações daquele que, apostando na ruína de seu chefe, está à espera de que o manto imperial lhe caia sobre os ombro", diz ele

247 – O jornalista Reinaldo Azevedo avalia que a maior ameaça à democracia no Brasil não parte de figuras caricatas e grotescas como o ex-secretário Roberto Alvim, o ministro Abraham Weintraub e o próprio Jair Bolsonaro. "Essas e outras personagens, que inventaram para si mesmas, na última hora, o papel de extremistas de direita em busca de alguma relevância em suas respectivas existências miseráveis, degradam a vida pública, sim. Mas a sociedade sabe se defender de seus delírios, como, felizmente, temos visto. O espectro que ronda a democracia é outro", diz ele.

A ameaça se chama Sergio Moro, afirma, em razão de sua ausência de limites e freios institucionais. "Não! Não temam os tolos e os patetas. O que nos ameaça são as aspirações daquele que, apostando na ruína de seu chefe, está à espera de que o manto imperial lhe caia sobre os ombros. Se e quando acontecer, parafraseando alguém, então a estátua da Justiça que fica à frente do STF terá ido ao chão", aponta em sua coluna na Folha de S. Paulo.

Themes
ICO