Brazil

SPFW terá cota racial obrigatória de 50% nos desfiles

A São Paulo Fashion Week, principal evento de moda do país, irá instituir uma cota brigatória de modelos para "negros, afrodescendentes ou indígenas" em todos os desfiles a partir da edição de 2020.

A decisão foi anunciada às marcas participantes através de um comunicado e já passa a valer para a SPFW que começa semana que vem. 

"É obrigatório que a grife mantenha mínimo de 50% de modelos entre negros, afrodescendentes e/ou indígenas, do total dos modelos participantes em seu desfile", diz o comunicado divulgado pelo G1.

"Serão considerados modelos afrodescendentes aqueles com ascendente por consanguinidade até o 2º grau. Os nomes destes modelos devem ser destacados na lista de casting".

Antes, o evento fazia uma recomendação de que parte dos modelos selecionados fossem negros, afrodescendentes ou indígenas, mas não era obrigatório como agora.

O documento diz ainda que, quem descumprir a regra, estará fora do line-up da próxima temporada.

A SPFW N50 vai ser virtual e acontece entre 4 a 8 de novembro. A edição N49 prevista para o final de abril foi cancelada por conta da pandemia.

Além dos desfiles, peças e filmes serão exibidos no canal do YouTube e haverá intervenções com projeções espalhadas pela cidade.

Football news:

Gattuso on Napoli: Almost lost to AZ, although they could have reached the playoffs
Mikel Arteta: Arsenal in the Premier League are not as formidable in attack as in the Europa League
Roma have 4 wins in 5 rounds of the Eurocup season for the first time
Soboslai could move to Leipzig in the winter if Salzburg fail to qualify for the Champions League play-offs. The midfielder is also of Interest to Bayern
Bale has 200 career goals. He hasn't scored in European competition for 2 years
Fati became socio of Barca, but will not be able to vote in the next election
Jose Mourinho: some Tottenham players coming to visit LASK, Ludogorets, think they don't belong there