Portugal

Autoridades verificam certificados das máscaras vendidas pela empresa de João Cordeiro

João Cordeiro

Foto Nuno Botelho

Empresa do antigo presidente da Associação Nacional das Farmácias, João Cordeiro, fez ajuste direto com o Estado

Depois da polémica sobre o ajuste direto do Estado com a empresa Quilaban para a compra de máscaras de proteção individual, o caso voltou a levantar problemas por causa da certificação do material, e está agora do lado do Ministério Público (MP). Sobre a investigação, fonte da Procuradoria-Geral da República confirma apenas “a instauração de um inquérito” e que o mesmo decorre no DIAP — Departamento de Investigação e Ação Penal de Sintra. A Quilaban — detida pelo ex-presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF) — fez um contrato para fornecer à Direção-Geral da Saúde (DGS) três milhões de máscaras por cerca de €8,5 milhões (que envolveu mais um milhão de máscaras de outro tipo no valor de €540 mil).


A abertura do inquérito seguiu-se à notícia de que o certificado relativo aos três milhões de máscaras tinha a indicação de inválido ou falso no site da ICR Polska, na sequência de a empresa polaca ter anulado certificações por causa de irregularidades. Fonte do Ministério da Saúde avança ao Expresso que as diligências do MP não se devem a uma denúncia feita por um organismo debaixo da sua tutela. Entretanto, a Quilaban, em comunicado, garante que a “certificação apresentada era verdadeira e válida”, explicando que o documento foi alvo de uma nova renumeração e de uma nova imagem por causa da deteção de documentos falsos ou inválidos, o que levou ao cancelamento pela ICR Polska de documentos emitidos entre 1 e 26 de março. O material foi adquirido à empresa chinesa Gansu Changee Bio-Pharmaceutical e o certificado desse equipamento data de 16 de março, mas foi substituído por um novo emitido a 1 de abril, sustenta a Quilaban — que recusa fazer mais comentários sobre o assunto, tendo em conta a abertura do inquérito.


O Ministério já recebeu a nova documentação, “como prova da conformidade do produto semimáscara de proteção KN95”, que foi enviada pelo Infarmed para a ASAE, adianta a mesma fonte, que acrescenta que “a ASAE poderá desencadear os procedimentos que considere adequados em face das suas competências nesta matéria”.

Football news:

Ulreich doesn't want to be Bayern's third goalie. He can move to Schalke
Lionel Scaloni: Lautaro will get better playing with Messi. He has a great future, but we need to give everything we can
The reading player criticized Phil Neville: I was hurt by the words that the England team was used as a springboard
Casillas on the best players in the history of Real Madrid: Di Stefano and Ronaldo
Well, have you already learned the Bundesliga heroes in person? Now check!
Kevin-Prince Boateng on racism: The police stop me for no reason. People cross to the other side of the street when I walk
Kevin-Prince Boateng: Why is there no subject about racism in schools? There's math, English, and history