Portugal

Caixa paga juro mais baixo de sempre para pedir €500 milhões a investidores (e protege-se e poupa)

A Caixa Geral de Depósitos concluiu a emissão de 500 milhões de euros. Financiou-se neste montante junto de investidores institucionais, aceitando um juro de 0,375%. É o valor mais baixo de sempre na história do banco público.

Franceses são principais subscritores

O banco público teve reuniões com mais de 40 investidores institucionais nos dias 10 e 13 de setembro para tentar atrair subscritores para esta dívida que colocou no mercado, segundo um comunicado emitido pela Caixa esta terça-feira, 14 de setembro.

A procura foi três vezes superior à oferta: "A emissão recebeu perto de 130 ordens, ultrapassando os 1,5 mil milhões de euros, tendo a procura superado o montante a colocar em mais de 3 vezes".

"Na distribuição geográfica da colocação junto dos investidores destacaram-se França (27%), Portugal (19%), Espanha (14%), Reino Unido (12%) e Alemanha (10%). Por tipo de investidores salienta-se os fundos de investimento, que tomaram mais de 70% do total da emissão", indica o comunicado.

Dois objetivos

A operação foi feita com duas duas missões. Primeiro: que a CGD consiga fortalecer o escudo protetor que os bancos têm de constituir para se escudarem de eventuais futuras dificuldades, isto é, a emissão de camadas de dívida que sejam subscritas por investidores que suportem possíveis perdas (para cumprir as chamadas metas de MREL – requisitos de fundos próprios e passivos elegíveis para virem a ser “absorvidos” e compensarem tais perdas).

Segundo: o banco consegue, assim, um poupança relevante face aos seus atuais custos de financiamento. De recordar que o banco paga juros de 10,75% pela emissão de dívida feita em 2017, devido às condições impostas pela Comissão Europeia para a capitalização então concretizada pelo Estado. Consegue ter condições para reembolsar tal custo agora na primeira oportunidade (cinco anos após a sua emissão), com um corte de praticamente 10 pontos percentuais.

É em março de 2022 que a Caixa poderá vir a reembolsar esse empréstimo mais caro. Em comunicado, o presidente executivo do banco, Paulo Macedo, refere que “a obtenção das autorizações necessárias permitirá à CGD uma poupança anual em juros superior a 10 pontos, considerando o diferencial de taxas entre a dívida agora emitida e o cupão do AT1 (10,75%), refletindo o caminho percorrido desde 2016 no reforço da solidez e posição competitiva da Caixa.”

Selo de sustentável

Esta é também uma emissão com o selo de sustentável, em que os fundos obtidos na emissão servirão para financiar operações de crédito que tenham preocupações ambientais e de desenvolvimento socioeconómico. Aliás, é o primeiro banco português a fazer este tipo de operações, já comum por exemplo na área de energia.

A CGD terá de reembolsar a dívida que agora chega ao mercado dentro de seis anos (setembro de 2027), mas há uma opção que permite que possa fazê-lo logo no quinto ano.

As emissões para cumprimento dos requisitos de MREL têm vindo já a ser feitas por várias entidades bancárias, mas ainda haverá mais operações até ao final do ano. Crédito Agrícola terá obrigatoriamente de ir ao mercado, mas há incógnitas como Banco Montepio, BCP e Novo Banco (BPI e Santander já cumprem as metas intermédias que vão ser exigidas no início de 2022).

Football news:

Mbappe complains about Neymar, and Donnarumme feels bad behind Navas (but Messi is for him). Against this background, PSG has 8 out of 8 in the league
Arsenal demolished Tottenham for the first half of the derby. A hole in the support zone and a completely unprepared Kane helped
Kroos on the injury: I played with the pain for six months, taking pills. Between matches, the pain was much stronger
Damsgaard is Interesting for Juve, Inter, Milan and Tottenham. He scored against Russia and England at the Euro
Niko Kovac: This is exactly what I want to see-the substitutes come out and decide the outcome of the match
Spalletti on the leadership of Napoli: Expectations from us have increased, but there is something to add
Talalaev about 2:1 with Rostov: Akhmat's game needs to be improved. There were a lot of nerves at the end