Portugal

Covid-19. Porto sem novos casos há 12 dias, após 1200 testes negativos

FERNANDO VELUDO/LUSA

Desde o início da pandemia e até ao dia 15 de junho foram realizados na Região Norte 382.562 testes à covid-19, o equivalente a 10% da população. A taxa de primeiros positivos registada foi de 4,48%, ou seja, 17.141 pessoas tiveram resultados positivos. Há quase duas semanas, o Porto mantem-se 'limpo', apesar de não existir sub-testagem, refere autarquia

Os relatórios da DGS informaram que nos últimos 12 dias não ocorreu no Porto qualquer caso positivo de covid-19, apesar de a população continuar a ser rastreada. Na primeira quinzena de junho foram realizados 1.200 testes, de acordo com informação prestada à Câmara Municipal do Porto pela ARS Norte. Em comunicado, a autarquia refere que os resultados demonstram que a não ocorrência de casos “não resulta de uma sub-testagem ou notificação, mas significa que, efetivamente, as autoridades de saúde, hospitais, instituições, autarquia e sobretudo os cidadãos do Porto, conseguiram, para já, dominar a epidemia, através de medidas ativas de combate e prevenção”.

A autarquia lembra que cidade foi a primeira a registar um caso positivo em Portugal, que tudo indica terá sido importado de uma feira de calçado no Norte de Itália. Depois de quase duas semanas sem casos positivos, O Porto caiu no ranking do número acumulado de infetados, sendo já o quinto município em Portugal, com menos de metade de Lisboa, que regista o maior foco de covid-19.

Também a região Norte continua a registar cada vez menos casos, estando praticamente com o mesmo número da de Lisboa e Vale do Tejo, quando em abril tinha quatro vezes mais infetados. Em casos ativos, o Norte tem agora números residuais, mas também, avança a Câmara do Porto, “isso não resulta de falta de testes ou rastreios”.

Desde o início da pandemia e até ao dia 15 de junho, foram realizados na Região Norte 382.562 testes para covid-19, ou seja, mais de 10% da população foi testada. A taxa de primeiros positivos registada foi de 4,48%, ou seja, 17.141 pessoas tiveram resultados positivos. Alguns destes positivos resultam de testes realizados noutras regiões por motivo de mobilidade dos cidadãos (que mantêm residência na região Norte). Contudo, a grande maioria destes casos foi registada até meados de maio e, desde aí, o número de testes positivos tem sido cada vez menor. A taxa de letalidade na região é de 4,61% e o número de internados até esta data foi de 11,01% dos que testaram positivo.

“Não é, por isso, líquido que a testagem provoque inevitavelmente o aparecimento de casos positivos nem é por ausência de testagem que o Norte tem vindo a melhorar os seus números face a outras regiões”, acrescenta a autarquia liderada por Rui Moreira. Segundo os dados da Administração Regional de Saúde do Norte, o número total de testes realizados no município do Porto entre o dia 1 de junho e o dia 15 foi de 1.277, de que resultaram apenas 13 casos positivos, no início do mês.

O Porto mantém ativo o primeiro centro de rastreio móvel do país, montado em colaboração entre a autarquia, um laboratório privado e a ARS Norte e mantém em funcionamento a normal testagem a casos suspeitos nos vários hospitais públicos e privados existentes na cidade.

Football news:

Aitor Karanka: If there is a team that can win back against Manchester City, it is real
Juventus and Atletico have started talks about the transfer of Lacazette. Inter are also Interested in him
Rangnik agreed to take charge of Milan from the 2020/21 season. He can also take the post of sports Director
Ocampos did everything for the victory of Sevilla: first he scored, and then he put on a goalie's Jersey and in the 101st minute dragged the kick of the goalkeeper Eibar
Pizarro finished his career as a player. Werder's players cradled him in their arms after the match
Aitor Karanka: When Real Madrid wins, they always talk about the referees
Gendusa two weeks training with Arsenal according to the decision of Arteta. Londoners can sell it