logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Portugal

Criança de oito anos morre no hospital, um dia depois de ter recebido alta

Uma menina de oito anos morreu domingo à tarde no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, um dia depois de ter sido assistida no Serviço de Urgências da mesma unidade de saúde.

A morte da criança, avançada pelo DN-Madeira e confirmada pelo PÚBLICO junto de fonte próxima da família, aconteceu na sala de triagem da Urgência Pediátrica, onde estava a ser avaliada.

O caso confirmou esta manhã o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, citado pelo mesmo jornal, motivou a abertura de um inquérito pelo Serviço de Saúde da região autónoma (SESARAM), para apurar as circunstâncias em que a menina, Lara, morreu.

A criança contaram fontes próximas da família ao PÚBLICO, tinha estado sábado no mesmo hospital, queixando-se de problemas respiratórios, e apresentando perdas de consciência e temperatura elevada. Após exames, foi medicada e recebeu alta hospitalar.

Perante a persistência dos sintomas, os pais foram no dia seguinte às Urgências do Centro de Saúde de Machico (a cerca de 25 quilómetros a Leste do Funchal), onde a criança foi encaminhada novamente para a Urgência Pediátrica do Hospital Dr. Nélio Mendonça.

No hospital, foi levada para o gabinete de triagem, onde são priorizados os atendimentos de acordo com o estado de saúde. Foi aqui, que as condições agravaram-se. Ficou inconsciente, entrou em paragem cardio-respiratória, e apesar das sucessivas tentativas de reanimação, acabou por morrer. 

Themes
ICO