Portugal
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Manuel Aires Mateus: “Tenho o sonho de fazer uma igreja católica”

Nasceu em Lisboa a 19 de maio de 1963, é arquiteto, e diz que "a parte mais interessante de um projeto é a relação estreita" que estabelece com quem lhe encomenda a obra. Gosta de fazer casas porque elas exigem "uma relação com as famílias" que as vão habitar.

Filho de um alentejano que "teve a coragem" de se licenciar em arquitetura e de uma pintora, Manuel Aires Mateus foi muito influenciado pelo mundo da mãe e sente uma dívida de gratidão por ela ter deixado de pintar para se dedicar em exclusivo aos filhos. Ele e o irmão, Francisco, com quem faz dupla profissional, estão a terminar a construção de um edifício em Lausanne que acolherá "um museu de design no andar de cima. É uma obra gigantesca, cara, complexa, muito difícil de levar até ao fim, que está a ser feita com o engenheiro Rui Furtado, e é uma grande demonstração da engenharia portuguesa". Tem o sonho de projetar uma "igreja católica romana", mas por agora dedica (parte) do seu trabalho ao projeto da Grande Mesquita de Bordéus.

tiago miranda

Itamar Vieira Júnior: “Portugal ainda precisa avançar para superar este passado que nos desonra e ofende”

Brasileiros, que tal?

Francisco Pinto Balsemão lança o podcast “Deixar o Mundo Melhor” para assinalar o início das comemorações dos 50 anos do Expresso. Durante 50 semanas, e em contagem decrescente para o dia de aniversário a 6 de janeiro de 2023, o fundador e primeiro diretor do jornal entrevista 50 personalidades marcantes dos mais diversos setores da sociedade.

Com música original de Luís Tinoco, a sonoplastia é de Joana Beleza e João Luís Amorim, o vídeo e a edição de José Cedovim Pinto, Carlos Paes e Rúben Tiago Pereira. A transcrição é de Joana Henriques e o apoio à edição de Manuela Goucha Soares. Imagem gráfica de Marco Grieco e produção de Margarida Gil.

“Deixar o Mundo Melhor” pode ser ouvido no site do Expresso e em qualquer plataforma de podcasts. Também pode ler uma versão sintética desta conversa na revista do Expresso de 12 de agosto. Oiça aqui os outros episódios: