Portugal

Uma vingança por inteiro: PSG manda o campeão para casa

Metade na semana passada, outra metade nesta terça-feira. E está vingada, por inteiro, a final da Liga dos Campeões 2019/20. Em Paris, o PSG perdeu frente ao Bayern de Munique, por 1-0, mas o 3-2 conseguido na semana passada, na Alemanha, foi suficiente para passar a eliminatória pelos golos marcados fora. E o campeão vai para casa.

Na reedição da final da última temporada, vencida pelo Bayern, em Lisboa, os telespectadores – nas bancadas não havia ninguém – puderam ver um dos melhores jogos da temporada.

Oportunidades de golo, grandes defesas, lances artísticos, jogadas colectivas, intensidade e, sobretudo, incerteza. Houve de tudo, como é suposto haver na nata do futebol mundial.

Passou o PSG, mas o desperdício dos gauleses, sobretudo de Neymar – que fez um grande jogo, mas vai ter pesadelos com Manuel Neuer –, poderia ter custado caro à equipa agora treinada por Mauricio Pochettino. Valeu Keylor Navas, mais uma vez decisivo na baliza francesa.

O PSG fica, agora, à espera de saber o que acontece no Borussia Dortmund-Manchester City, marcado para esta quarta-feira (20h).

Neymar, Mbappé, Navas e Neuer em destaque

PSG e Bayern proporcionaram em Paris uma das melhores primeiras partes da época. O PSG foi globalmente dominador durante cerca de 40 minutos e ficou bem clara a matriz da equipa.

Num 4x4x2 com quatro jogadores vincadamente ofensivos (Di Maria, Draxler, Neymar e Mbappé), a despesa defensiva ficou para Gana e Paredes, que faziam o seu trabalho e dos colegas. Mas este sistema, ainda que deixe a equipa partida, coloca-a com muita capacidade de se colocar em situações de golo. Quando se tem Neymar e Mbappé mais ainda.

Aos 3’, o brasileiro soltou o francês em profundidade, para um remate ao lado. Aos 9’, começou o duelo de Neymar com Neuer. Assistido por Mbappé, rematou para defesa do guardião do Bayern, algo que se repetiu aos 28’ e aos 34’: sempre com passe de Mbappé, sempre com defesa de Neuer.

Pelo meio, o brasileiro fez, também, jogadas por contra própria. “Destruiu” Hernández, primeiro, e Coman, depois: numa deu defesa de Neuer, noutra deu remate à trave. E o brasileiro ainda atirou ao poste aos 39’.

O jogo era de Neymar e a eliminatória poderia já estar decidida, mas, numa equipa tão desequilibrada, o risco de sofrer está sempre presente – Gana e Paredes não chegam para todas as “encomendas”.

O Bayern, que já tinha tido dois remates perigosos de fora da área, cresceu no final da primeira parte e somou três lances de golo: Navas salvou os remates de Alaba e Sané, mas pouco pôde fazer aos 40’. Alaba rematou e Navas ainda defendeu, mas Choupo-Moting marcou na recarga, de cabeça.

O PSG, tal como na primeira mão, voltou a sofrer por alguma passividade e descoordenação na linha defensiva – jogou o português Danilo, adaptado, numa defesa refém do capitão Marquinhos.

A segunda parte não mudou na magia – Neymar e Di Maria deram espectáculo –, mas mudou nas oportunidades de golo. Com o 1-0, o Bayern não precisou de uma postura suicida e foi mais consciente a atacar, enquanto o PSG, mais desconfortável com o estado de coisas, também teve de se precaver mais.

Alaba criou perigo aos 47’, Di Maria e Neymar assustaram aos 54’, Müller fê-lo aos 63’, Sané aos 83’ e Neymar aos 90+1’, mas, em geral, foi uma segunda parte menos emocionante em matéria de oportunidades de golo.

Ao Bayern, dizimado por lesões, faltou alguma profundidade de banco para poder atacar o jogo nos minutos finais.

Football news:

Griezmann spoke with Hamilton and visited the Mercedes boxes at the Spanish Grand Prix
Barcelona feels that Neymar used it. He said that he wanted to return, but extended his contract with PSG (RAC1)
Aubameyang to the Arsenal fans: We wanted to give you something good. I am sorry that we could not
Atletico did not lose at the Camp Nou. Busquets' injury is the turning point of the match (and the championship race?)
Verratti injured his knee ligaments in PSG training. Participation in the Euro is still in question
Neymar's contract in one picture. Mbappe wants the same one
Manchester United would like to sign Bellingham in the summer, not Sancho. Borussia do not intend to sell Jude