logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Portugal

Uribe quebra o silêncio, pede "desculpa" e explica noitada

Matheus Uribe recorreu, este domingo, às redes sociais para pedir "desculpa" aos adeptos do FC Porto, depois de ter sido afastado do plantel às ordens do Sérgio Conceição por infringir o código de conduta interna do clube.

O internacional colombiano, recorde-se, marcou presença na festa de aniversário da mulher na noite de sexta-feira, alegadamente até uma hora tardia, o que o deixou sob alçada disciplinar da SAD azul e branca.

O médio pediu "compreensão", e sublinhou que o seu "profissionalismo não deve ser colocado em causa por alguns meios", que, assegura, "exageraram na situação sem sabem o que verdadeiramente aconteceu".

"Na sexta-feira, festejei o aniversário da minha esposa, como qualquer ser humano o faria, em família e com amigos próximos. Um festejo são, rodeado de pessoas de quem gostamos", começou por escrever Matheus Uribe.

"À meia-noite, após os meus companheiros saírem, fui descansar, uma vez que no dia seguinte não tínhamos treino nem nada do género. A minha família e eu sabemos que a prioridade número um nestes momentos é cuidar do meu estado físico para poder ter o rendimento ideal", prosseguiu.

Nesse sentido, o colombiano diz ser "totalmente falso" que esteve na festa até às 5h da madrugada: "A quem duvidou de mim, peço-lhes, por favor, que revejam a minha carreira desportiva, a qual me avalia como jogador profissional, ético e comprometido".

"Neste momento, estou 1000% comprometido com o FC Porto, e assim continuará a ser. O meu pensamento é dar sempre o melhor de mim mesmo. Obrigado a todos os adeptos do FC Porto que me apoiaram neste mal entendido", rematou.

Themes
ICO