logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Cavani marca e Uruguai se classifica como 1º do Grupo C

Com um gol do atacante Cavani, o Uruguai derrotou o Chile por 1 a 0 e se classificou como primeiro colocado do Grupo C da Copa América. Assim, os uruguaios enfrentam nas quartas de final o Peru, enquanto os chilenos ão a Colômbia pela frente.

No jogo no Estádio do Maracanã, que recebeu um ótimo público (57.442 presentes), as duas equipes começaram a partida em ritmo cadenciado, com respeito mútuo e em busca de uma boa chance de finalizar. O Chile mantinha mais a posse de bola, enquanto o Uruguai permanecia com as linhas atrasadas esperando uma boa oportunidade de contra-atacar.

A primeira boa chance saiu aos 10 minutos, quando o atacante Alexis Sánchez tocou de letra para o meia Aránguiz, que acertou uma pancada da entrada da área para defesa de Arias.

Aos 18 minutos, é a vez de o Uruguai finalizar com perigo. Após confusão na área do Chile, Suárez toca para Arrascaeta, que solta uma bomba para fora.

Três minutos depois, a seleção uruguaia teve uma chance claríssima de abrir o marcador. Suárez se livra de um zagueiro e do goleiro, mas fica sem ângulo. Mas, em vez de tocar para Arrascaeta, que pedia livre no meio da área, chuta em cima do goleiro Arias.

O jogo é aberto, com chances de lado a lado a todo momento.

Aos 38 minutos, Aránguiz avança pela ponta direita e cruza forte para Pablo Hernández, que não consegue cabecear bem a bola.

Aos 42 minutos, o Uruguai responde com uma cabeçada perigosa de Cáceres após cobrança de escanteio de Arrascaeta. Mas a igualdade no placar se manteve até o intervalo.

Gol de Cavani

No início do segundo tempo, o Uruguai teve a primeira chance, com Godín após cobrança de escanteio aos 2 minutos.

Um minuto depois, o Chile responde com Alexis Sánchez, que chuta forte da entrada da área.

Aos 14 minutos, o Uruguai novamente chegou com perigo. Suárez divide com a zaga chilena, ganha na disputa de corpo e cruza para Arrascaeta, que finaliza de primeira para defesa de Arias.

Aos 23 minutos, é o Chile que tem uma oportunidade muito clara. Opazo consegue cruzar para cabeçada de Díaz. Mas Giménez tira a bola em cima da linha. Uma intervenção importante do zagueiro.

E, quando o jogo parecia caminhar para um empate sem gols, o artilheiro Cavani decide a partida com um gol aos 36 minutos. Jonathan Rodríguez recebe na ponta esquerda e cruza na medida para o camisa 9 do Uruguai, que, com muita categoria, cabeceia para vencer o goleiro Arias.

O Chile não se entrega e continua buscando o gol do empate que lhe garantiria a primeira posição do grupo. Assim, três minutos depois, Alexis Sánchez recebe na área do Uruguai e chuta com força para defesa de Muslera. Mas, a partir de então, o Uruguai se segura até o apito final. E assim garante a primeira posição do grupo.

Com os resultados de foi definido o adversário do Brasil nas quartas de final. Será o Paraguai. O jogo será na próxima , às 21h30 (horário de Brasília), na Arena do Grêmio.

Ficha técnica:

CHILE 0 X 1 URUGUAI

Competição: Copa América (3ª rodada – Grupo C).

Local: Maracanã, Rio.

Juiz: Raphael Claus (Brasil).

Chile: Arias; Paulo Díaz, Medel (Lichnovsky), Jara (Castillo) e Maripán; Opazo, Pablo Hernández, Pulgar e Aránguiz; Vargas (Junior Fernandes) e Alexis Sánchez. Técnico: Reinaldo Rueda.

Uruguai: Muslera; Cáceres, Giménez, Godin e Giovanni González; Valverde (Coates), Bentancur, Arrascaeta (Jonathan Rodríguez) e Lodeiro (Nández); Luis Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Gols: No segundo tempo: Cavani (36).

*Fábio Lisboa é jornalista e comentarista esportivo dos programas da TV Brasil Stadium e No Mundo da Bola.

All rights and copyright belongs to author:
Themes
ICO