Brazil

Chanceler chinês diz que EUA retomaram mentalidade da Guerra Fria

O chanceler da China, Wang Yi, condenou a afirmação do secretário de Estado dos EUA de que fracassou a política de relações com a China e comparou a declaração a um “vírus político”

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi considera que seu colega estadunidense Mike Pompeo retoma a mentalidade da Guerra Fria ao afirmar que a política de engajamento com a China seguida por sucessivas administrações dos EUA fracassou.

Para Wang Yi, a afirmação de Pompeo fecha os olhos para tudo o que foi alcançado nas relações sino-americanas nas últimas décadas e mostra a ignorância sobre o processo histórico e a falta de respeito pelos povos chinês e estadunidense.

O chanceler chinês disse também que tais declarações são uma espécie de vírus político que é compreensivelmente questionado e repreendido por pessoas nos Estados Unidos e na comunidade internacional. 

Há mais de quatro décadas, líderes da China e dos Estados Unidos deram o aperto de mão através do vasto Oceano Pacífico, acrescentou Wang, observando que o que tornou isso possível é que os dois países aderiram ao princípio do respeito mútuo e buscaram uma base comum ao mesmo tempo em que deixavam de lado as diferenças.

Nos últimos mais de 40 anos desde que os dois países estabeleceram os laços diplomáticos, diversas gerações de chineses e americanos trabalharam juntos para promover as relações China-EUA, disse Wang.

Como resultado, os laços bilaterais se tornaram um dos relacionamentos mais profundamente entrelaçados do mundo, com áreas de cooperação mais amplas e interesses comuns mais amplos. "Ninguém pode negar esses fatos", acrescentou Wang.

Quarenta anos depois, embora a China e os Estados Unidos sejam bastante diferentes no sistema social e muitos outros aspectos, essas diferenças não afetam a coexistência pacífica e a cooperação de benefício mútuo entre os dois países, e não devem afetar seus laços bilaterais no futuro, disse ele.

Não é necessário nem possível que os dois lados transformem um ao outro, enfatizou Wang. "Em vez disso, devemos respeitar a escolha feita independentemente pelo povo do outro lado."

As principais realizações da China nas últimas décadas mostram que o caminho do socialismo com características chinesas adaptou a China e também beneficiou o mundo, indicou Wang.

A China continuará a buscar o desenvolvimento e o progresso para atender ao desejo de seu povo e dar contribuições novas ainda maiores à humanidade, continuou.

"Quem tentar atrapalhar esse processo apenas falhará", disse Wang, informa a Xinhua.
 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Football news:

Chelsea can let Bakayoko go on loan to PSG for 3 million euros, but would like to sell him. Parisians are ahead of Milan in the fight for the player
Roma agree a transfer for Smalling with Manchester United. Talks - at an advanced stage
De Paul about Messi: you will go to war for such a captain
Giggs on bale at Tottenham: Now we can see him play every week
Tottenham loan Vinicius from Benfica. He was the top scorer last season in Portugal
Hudson-Audrey wants to move to Bayern. The club has been trying to sign him since January 2019
Neuer on winning the German super Cup: scoring 3 goals is always impossible. Fortunately, Kimmich scored