Brazil

Deixe de comer 5 alimentos à noite para perder peso

Saúde da mulher

Alguns grupos alimentares podem atrapalhar o sono e, consequentemente, o metabolismo

Deixe de comer 5 alimentos à noite para perder peso

Deixe de comer 5 alimentos à noite para perder peso


Por alguma razão, lanches pós-jantar funcionam tão bem quanto cinema e pipoca. Mas o tipo de alimento que você escolhe ingerir pode dificultar seu objetivo de perder peso. Na verdade, consumir alguns alimentos à noite, antes de dormir, pode fazer você ficar agitada durante o sono, configurá-la para comer demais no dia seguinte e diminuir seus hormônios de queima de gordura.

+ Profissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta
+ Quer manter o peso e dormir melhor? O pistache é um aliado valioso
+ Um em cada cinco brasileiros ganhou peso durante a pandemia

E noites mal dormidas reduzem a sensibilidade à insulina do seu corpo e os níveis do hormônio de crescimento humano que aumenta o músculo, enquanto aumenta seus níveis do hormônio do estresse, o cortisol, de acordo com uma pesquisa de 2015 publicada na Diabetologia.

Terrível, certo? Então evite estes cinco alimentos para alcançar seus objetivos mais rápido.

Alimentos à noite: Chocolate amargo

Ele parece uma maneira saudável de satisfazer seu desejo por doce antes de dormir, mas esse lanchinho é exatamente o que você não quer antes de se deitar: cafeína, teobromina (outro estimulante), e açúcar. E enquanto os dois primeiros podem apenas atrapalhar seu sono, o último pode sabotar diretamente seu esforço para perder peso. “Dormir em um surto de açúcar de ação rápida é o ambiente perfeito para armazenar gordura”, diz a nutricionista Betsy Opyt. Embora nosso sistema vá usar um pouco do açúcar para alimentar seu corpo durante o descanso, uma boa parte dele será armazenado como gordura, uma vez que você não está ativa quando está dormindo.

Óleo de coco e queijo de cabra

Alimentos com grandes níveis de gordura saturada podem saciar e ajudá-la a acelerar o processo de perda de peso, mas quando você os consome pouco antes de dormir, são capazes de interferir no seu sono. Isso porque a gordura saturada pode relaxar a válvula que separa a extremidade inferior do esôfago e do estômago. “E uma vez que a gordura demora para ser digerida, qualquer coisa que você come demora um tempo extra para tentar se esgueirar de volta para o esôfago e acordá-lo”, diz White.

Alimentos à noite: Molho apimentado

Mesmo que for para mergulhar aipo nele, comer molho ou qualquer alimento apimentado pelo menos uma hora antes de deitar é pedir por uma azia ou um sono ruim, segundo Opyt. Assim como as comidas gordurosas, os alimentos apimentados podem relaxar o anel muscular que separa o esôfago do estômago. Isso permite que qualquer ácido fermente em sua barriga e suba – o que ocorre com ainda mais frequência quando você está deitada na cama e não tem a gravidade mantendo as coisas no lugar.

Vinho tinto

OK, nós também ouvimos alguns especialistas dizerem que uma taça de vinho tinto antes de dormir pode fazer bem a você, mas isso não é exatamente verdade. Por mais que amemos o pacote de antioxidantes do vinho, o álcool não é aconselhável antes de dormir. Claro, você vai dormir rápido, mas vai lutar para conseguir entrar em um estágio profundo e restaurador de sono, segundo Jim White, representante da Academia de Nutrição e Dietéticos. Na verdade, em nome da ciência, algumas mulheres beberam vinho antes de dormir e os pesquisadores da Universidade de Melbourne descobriram que seus cérebros adormecidos exibiram atividade semelhante ao que é visto em pessoas que recebem choques elétricos suaves. Para cada taça de vinho que você bebe, espere por uma hora antes de se deitar.

Alimentos à noite: Delícias assadas

Cookies e brownies são as coisas mais difíceis de resistir antes de dormir, mas quando você está tentando ficar em forma, melhor deixá-los para o lanchinho da tarde. O açúcar funciona como combustível no seu corpo, segundo White. Se você comer um pouco antes de deitar, quando as reservas de carboidratos armazenados já se desligaram, e o açúcar provavelmente vai acabar virando gordura.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade