Brazil

'Jeitinho baiano': banhistas trocam areia pela grama para driblar decreto na Barra

O domingo (27) foi de sol ensolarado na capital baiana e muitos aproveitaram para curtir uma das orlas mais requisitadas da cidade, na Barra. A saudade do mar e de pegar um bronze é grande e alguns baianos não resistiram à tentação. Para driblar o decreto da Prefeitura, que impede os banhistas de ficarem na areia, algumas pessoas sentaram no gramado - na parte do Cristo e no Forte de Santa Maria - contemplando as ondas de longe. Outros atrevidos não deixaram de dar um mergulho. Felizmente, não eram maioria. 

Como observado pelo CORREIO, a maior parte cumpria as orientações das autoridades de saúde de manter o distanciamento mínimo de 1,5m, apesar de não usarem máscaras. No Porto da Barra, entre o Forte de Santa Maria e o Forte São Diogo, o movimento estava tranquilo, embora dois banhistas foram vistos, além de práticas stand up, canoagem e até jet skies. “A praia ‘tá’ vazia desde cedo, algumas pessoas estão respeitando”, constatou o vendedor de coco Gabriel de Jesus.

O engenheiro mecânico Ueliton Silva desde março não pisa na areia da praia, mesmo tendo um filho de três anos que adora tomar banho de mar. Ele continuou na vontade, só de longe. “Tem que respeitar o que foi imposto, tem mais de 100 mil casos, aí procuro fazer minha parte, pensando também em meus familiares e amigos”, disse. O engenheiro, mesmo com a abertura parcial das praias de Salvador com restrição de horário, ainda não sente confortável para frequentá-las. “Fico receoso e é complicado porque é muita falta de responsabilidade”, completou Silva, sobre as pessoas que não estavam com os EPI’s necessários. 

A Guarda Civil, que observava os banhistas na grama, não tinha ainda um protocolo de atuação. “Essa situação para mim é novidade, é a primeira vez que estou vendo. O propósito é que as pessoas não fiquem aglomeradas e não tem também um fluxo grande de pessoas, geralmente são casais”, disse um servudor da Guarda que não quis ser identificado. 

Na morro onde tem o Cristo, muitos grupos estavam no gramado, já que não está autorizado pela Prefeitura ficar na areia. Apesar do distanciamento, quase ninguém usava máscara, ao contrário da cozinheira Ana Maria de Jesus. Ela veio trazer a nora Marlene Santos, que é pastora. “A gente ficou na grama tomando sol, não demos mergulho porque não pode né?! Nem viemos com roupa de praia”, disse Ana Maria. O motivo do passeio foi trazer a pastora Marlene, que veio de Brasília, onde mora há 18 anos, turistar pela cidade onde nasceu. “Aproveitei a promoção da passagem de avião e vim visitar a minha mãe e minha sogra”, comentou a pastora.

Em meio aos atletas que corriam, andavam de bicicleta, faziam caminhada e até slackline, Maria da Conceição aproveitava o movimento para vender água de coco. Sua barraca foi uma das primeiras da região, estabelecida 25 atrás. “O pessoal da Barra ‘tá’ respeitando o protocolo e a gente também, com álcool em gel, tudo limpinho, como manda o figurino”, comentou a comerciante. 

Desde a última segunda-feira (22), o prefeito ACM Neto liberou que as praias de Salvador voltassem a ser frequentadas, somente de segunda a sexta. Contudo, nesse primeiro momento, o Porto da Barra, as praias do Buracão e a Paciência, no Rio Vermelho, continuam fechadas. Na Barra, os banhistas podem frequentar somente a praia do Farol até o Barravento. Já São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã estão liberadas de terça a sexta. O horário é livre nos dias liberados para todas as praias.

Relembre o que pode e não pode fazer na praia por enquanto:

O que pode?
- Ir em qualquer horário de segunda à sexta. As exceções são as praias abertas de terça a sexta (São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã) e as praias fechadas: Porto da Barra, Buracão e Paciência;
- Ficar na areia usando máscara e respeitando distanciamento de 1,5m por banhista, tomar sol, cair na água;
- Comércio na calçada para quem tem o ponto;
- Atividade esportiva individual ou em dupla;

O que não pode?
- Ficar sem máscara na areia;
- Comércio na faixa da areia;
- Levar cadeira, guarda-sol ou isopor para a praia;
- Eventos em geral: piqueniques, luaus e qualquer coisa que gere aglomeração;
- Frequentar as praias do Porto da Barra, Buracão e Paciência;
- Frequentar as praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã em dias de segunda, finais de semana e feriados;
- Frequentar qualquer praia em finais de semana e feriados.

*Sob orientação do chefe de reportagem Jorge Gauthier

Football news:

Hans-Dieter flick: I Hope Alaba will sign a contract with Bayern. Our club is one of the best in the world
Diego Maradona: Messi gave Barca everything, brought them to the top. He was not treated the way he deserved
Federico Chiesa: I hope to leave my mark in Juve. We will achieve great results
The Coach Of Benfica: I don't want us to look like the current Barcelona, it has nothing
Guardiola on returning to Barca: I'm happy at Manchester City. I hope to stay here
Fabinho will not play with West ham due to injury
Ronald Koeman: Maradona was the best in his time. Now the best Messi