Brazil

Justiça proíbe caminhoneiros de bloquear Porto de Santos na segunda (17)

Caminhoneiros autônomos fizeram uma assembleia no sábado (15) anunciando a paralisação no Porto de Santos

Revista Fórum - A Justiça Federal proibiu neste domingo (16), em caráter provisório, o Sindicam (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários Autônomos) de bloquear o acesso ao Porto de Santos na segunda-feira (17). A decisão estipula multa diária de R$ 200 mil caso haja descumprimento da medida. Caminhoneiros autônomos fizeram uma assembleia em Santos no sábado (15) anunciando a paralisação.

A decisão judicial, proferida pelo juiz Roberto da Silva Oliveira, afirma que o bloqueio poderia inviabilizar ou atrapalhar uma operação da Codesp, agendada também para a segunda, que tem o objetivo de evitar uma possível proliferação do coronavírus “com possível contágio de tripulantes em navio que atracou em portos chineses”.