logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Levantamento aponta os vereadores de Salvador que mais faltaram ao trabalho

Os vereadores Maurício Trindade (DEM), Ana Rita Tavares (PMB) e Lorena Brandão (PSC) lideram o ranking dos parlamentares da Câmara de Salvador com o maior número de faltas em sessões ordinárias realizadas no plenário da Casa em 2019, aponta levantamento feito por integrantes do movimento Livres na Bahia e obtido pela Satélite.

Primeiro da lista, Trindade esteve ausente em 44 das 116 sessões ocorridas ano passado, seguido por Ana Rita e Lorena, com 24 e 22, respectivamente. Silvio Humberto (PSB) aparece em quarto, com 18 faltas, enquanto Alfredo Mangueira (MDB) e José Trindade (PSB) dividem a quinta colocação, com 17 cada.

Entre os campeões de faltas sem justificativa, Mangueira e Henrique Carballal (PV) ocupam a liderança, ambos com nove. Alexandre Aleluia (DEM), Marcelle Moraes (sem partido) e Maurício Trindade vêm logo abaixo, todos com oito ausências injustificadas, informou o Livres, um dos movimentos brasileiros de renovação política surgidos nos últimos anos.

Frequência máxima
Em contrapartida, sete vereadores tiveram 100% de presença em 2019: Atanázio Júlio (PSDB), Demétrio Oliveira (DEM), Kiki Bispo (PTB), Marcos Mendes (Psol), Marta Rodrigues (PT), Orlando Palhinha (DEM) e Vado Malassombrado (DEM). “Apesar das dificuldades de acessar as informações da Câmara, conseguimos processar quase 200 arquivos para dar transparência ao Legislativo municipal”, afirmou Rodrigo Rara, coordenador do Livres e responsável pelo levantamento.

Pompa e circunstância
O grupo francês GL Events, vencedor da licitação para gerir o novo Centro de Convenções de Salvador, preparou uma festa de arromba para inaugurar o espaço no próximo dia 23. Além do show final com Maria Bethânia, haverá ainda a apresentação de uma orquestra de berimbaus e instrumentos da música clássica, regida pelos maestros Marco Lobo e Frederico Pulppi, queima de fogos e gastronomia a cargo dos chefs Tereza Paim, Fabrício Lemos, Vini Figueira, Edinho Engel e Laurrent Rezette. Para a solenidade, que terá o ator e cantor Daniel Boaventura como mestre de cerimônia, já confirmaram presença os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Tropa em ação
Advogados de seis alvos da Operação Faroeste impetraram, desde o fim de dezembro, habeas corpus no Supremo para tentar revogar prisões ou anular diligências contra suspeitos de integrar um esquema de venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia. Entre eles, o desembargador afastado Gesivaldo Britto, o advogado Márcio Duarte e o falso cônsul de Guiné-Bissau Adailton Maturino. Até agora não tiveram sucesso.

Bala devolvida
Escanteado por membros da cúpula do TJ investigados na Faroeste, um desembargador atraiu atenção ao circular pela Corte assobiando repetidamente a canção-tema de O Bom, o Mau e o Feio (no Brasil, Três Homens em Conflito), clássico do chamado Western Spaghetti. A cena foi vista como troco em forma de ironia cinematográfica.

"Nosso partido está se fortalecendo. Teremos candidatura própria na majoritária e bons nomes vão concorrer à Câmara de Vereadores. Não somos barriga de aluguel", disse Odiosvaldo Vigas, vereador do PDT de Salvador e presidente municipal da sigla, ao negar que a legenda servirá de acessório na eleição da capital.

Themes
ICO