Brazil

Marketing visual no setor alimentício: entenda a importância

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Poucas áreas são tão importantes quando o marketing visual no setor alimentício. Afinal, poucas são as maneiras tão boas para despertar o desejo de compra de um cliente do que apresentar o alimento que ele poderá comer de forma provocativa e visual.

Atualmente, todos os tipos de empresas do segmento alimentício podem se beneficiar desse tipo de estratégia, desde aquelas que trabalham com o atendimento presencial de clientes (como restaurantes), até quem funciona via delivery (como hamburguerias em Rappi, por exemplo).

Se você ainda não sabe a importância do marketing visual no setor alimentício, siga a leitura deste artigo para entender mais sobre o tema e como fazê-lo da melhor forma possível!

Qual a importância do marketing visual no setor alimentício?

Marketing é, em outras palavras, um conjunto de técnicas que tem dois objetivos básicos. O primeiro deles é o de despertar o desejo de um cliente por determinado serviço ou produto. Já o segundo é o de derrubar os objeções ou impedimentos que estão no caminho do consumidor fazer a compra daquele produto ou serviço.

No caso do setor alimentício, existe um certo contexto que pode trazer facilidades ou prejuízos, dependendo de cada restaurante em específico. Por exemplo, uma das facilidades é que todo mundo precisa comer e, portanto, o desejo já está lá.

No entanto, um dos impedimentos mais comuns da área tem a ver com o preço. Afinal, sair para comer em um restaurante tende a ter um preço bem mais elevado do que ficar em casa e cozinhar, ainda que seja exatamente o mesmo prato.

Portanto, o marketing visual entra em cena justamente ao ser uma das principais ferramentas que pode ser usada para trazer mais resultados para as empresas do setor alimentício.

Em primeiro lugar, o marketing visual é extremamente eficaz em ativar um desejo, especialmente relacionado a comida. Afinal, muito da experiência de comer é visual ou, no mínimo, temos gatilhos visuais que nos ligam a certos pratos. Por exemplo, quem não saliva quando vê o queijo derretido de uma pizza?

Portanto, ter boas imagens e fotos pode ser um gatilho poderoso para ativar o desejo do cliente pelo seu produto. Tão forte, aliás, que faz com que esse desejo se sobreponha sobre os impedimentos que o consumidor possa ter.

Como fazer um bom marketing visual?

Agora que já vimos a importância do marketing visual no setor alimentício, é hora de entender como fazê-lo do jeito certo. Veja abaixo algumas dicas!

Tenha um bom fotógrafo

O primeiro ponto a ter em mente sobre o marketing visual é como ele depende muito da qualidade das imagens geradas, tanto do ponto de vista objetivo, quanto do ponto de vista subjetivo.

Na prática, a imagem precisa ter não só uma boa resolução, mas também ser capaz de evocar adequadamente os gatilhos que despertarão o desejo no consumidor. Isso não é fácil de fazer sem a experiência de quem já trabalhou em diversos projetos do tipo.

Esses gatilhos podem ser diversos no quesito imagem de comida, como por exemplo, as cores que vão sobressair pelas outras. A angulação das fotos também contam muito para que o lanche chame muito mais atenção. 

É bom você fazer um teste antes, testar uma base razoavelmente discreta, como por exemplo o hamburger em cima de uma tábua de madeira para cortar legumes e vegetais. A tábua é discreta e da toda visibilidade que o alimento merece.

Portanto, é essencial contratar um bom fotógrafo, que tenha um bom equipamento e que seja capaz de trabalhar com as imagens certas para a sua estratégia.

Use as redes sociais

Além de ter boas imagens, é essencial que elas cheguem até o seu público. Isso pode ser alcançado justamente pelo uso das plataformas corretas, como as redes sociais.

Nesse caso, o ideal é usar tanto o Facebook (que tem 127 milhões de usuários brasileiros), quanto o Instagram, que é uma plataforma puramente visual. Para explorá-las ao máximo, confira algumas dicas:


Promoções também sempre são muito bem vindas, e nada como usar as redes sociais para criar um engajamento entre seus consumidores e suas promoções.

Lembre-se que uma promoção precisa ser atrativa e passar a sensação ao cliente de que ele está sendo beneficiado pelo seu restaurante. Nada de promoções fake, como por exemplo aumentar o preço de um produto X para descontar o valor na promoção e acabar saindo pelo preço normal ao cliente.

Lembre-se sempre de jogar com as cores quentes quando fizer uma postagem nas redes sociais. Vermelho, laranja e amarelo são cores que despertam no subconsciente das pessoas a fome, e isso pode ser muito útil na hora de vender o seu produto.

Saiba explorar os pontos certos do seu prato

No marketing visual, é importante saber como explorar aqueles que são os pontos mais adequados do seu prato. Por exemplo, pense em uma porção de batata-frita. O que é a primeira coisa que vem a cabeça? Que as batatas devem estar quentinhas, crocantes e salgadas, correto? Como comunicar isso visualmente? Pode ser uma ótima ideia tirar a foto delas assim que saíram da fritadeira, pois ainda terão o vapor (quentinhas), estarão bem firmes (crocantes) e com o sal por cima (salgadas). Esses elementos despertarão o desejo dos consumidores.

Pense em como fazer o mesmo com os seus pratos para poder explorar ao máximo o poder do marketing visual.

Com essas dicas, você conseguirá utilizar melhor o marketing visual no setor alimentício. Assim, seu negócio conseguirá as melhores oportunidades e poderá formar um fluxo estável de rendimento, garantindo assim uma estabilidade para poder crescer e não correr riscos.

Gostou do conteúdo? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Football news:

Koeman on 1:2 with Cadiz: the Mood was not too good. Lost because of an error
Mbappe scored his 100th goal for PSG and shares 4th place in the club's goalscoring list
As a child, Monday played with stockings with straw or cans of stew. And he told my mother that he goes to tennis
Negredo scored for Barcelona after a mistake by Langle. Clement could not take the ball after an out, Ter Stegen did not have time to knock out
Kick It Out about whistling to players who took a knee in the championship: Applaud for ignoring hate speech
Flick about 3:3 with Leipzig: Crazy game. It is important that Bayern did not lose
Dybala has not scored any points in this season's Serie A, he has played 6 matches