Brazil

Médicos cearenses cobram Bolsonaro: "Cadê a vacina? Cadê o auxílio emergencial?" (vídeo)

Em vídeo divulgado na tarde desta quinta-feira (25), véspera da anunciada visita de Bolsonaro ao Ceará, médicos cearenses se manifestam em vídeo cobrando vacinação ampla e rápida, respeito à ciência e ao SUS. "Quem despreza a vista não é bem-vindo no Ceará", diz um dos médicos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em vídeo divulgado nesta quinta-feira (25), médicos cearenses se manifestam cobrando vacinação ampla e rápida, respeito à ciência e ao SUS, auxílio emergencial e mais medidas de apoio a pessoas e empresas, para que mais pessoas possam ficar em casa e se prevenir da Covid-19.

A manifestação acontece neste momento de aumento acelerado de casos, novas variantes, hospitais lotados na segunda onda da pandemia, com o Brasil tendo chegado à marca de 250 mil óbitos registrados por Covid. Os médicos cearenses farão novas manifestações nesta quinta-feira e nesta sexta, dia em que, destaca a imprensa, Bolsonaro estará no Ceará.

O grupo Médicos em Defesa da Vida, da Ciência e do SUS reúne integrantes do Coletivo Rebento, da Associação de Médicos e Médicas pela Democracia, da Rede Nacional de Médicos Populares, além de outros médicos de diversas especialidades. Cerca de 25 médicos participam do vídeo, defendendo respeito ao SUS e cobrando a responsabilização do Governo Federal pela omissão e pelas medidas erradas, com graves consequências, ao longo da pandemia.

Os Médicos em  Defesa da Vida, da Ciência e do SUS publicaram nota oficial na segunda-feira, 22/2, cobrando vacinação já e isolamento social mais rígido e amplo, com auxílio emergencial e outras medidas concretas de apoio a pessoas e empresas. 

Também cobraram respeito aos direitos dos servidores públicos, inclusive profissionais de saúde, contra reformas federais e municipais, e denunciaram o falso "tratamento precoce", com medicamentos sem efeito para Covid-19, que foi tema de nota paga em jornais de grande circulação em vários estados, nesta semana, sob fortes críticas de médicos, artistas, da sociedade em geral.

Confira a nota completa nas redes sociais do Coletivo Rebento - Médicos em Defesa da Ética, da Ciência e do SUS. Compartilhe o vídeo. Manifeste-se!

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Football news:

What did we learn about Super League on Monday? Bayern and Borussia will not be there, the players and coaches have not been told anything
Milner on Super League: The players do not have the right to vote. The current system is very good
Leeds striker Bamford on Super League: This is wrong, we are in shock. The noise is startling. Sorry it doesn't work that way with racism
Klopp on Liverpool in the Super League: I'm used to the owners making decisions without me. I feel responsible for the club's relationship with the fans
Non-Super League clubs are promised 400 million euros in solidarity payments. From the Champions League they receive 140 million
Milner on Super League: I don't like it. I hope it won't happen
Leeds tweet about 1-1 with Liverpool: Equalized in the match against a Super League team in the end