logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

O “valente” Ciro trocou a luta pela democracia por férias na Europa. Por Carlos Fernandes

Ciro Gomes (TV Globo/Reprodução)

Três dias após o primeiro turno das eleições, o PDT finalmente declarou oficialmente seu “apoio crítico” (seja lá o que isso venha a ser) à candidatura de Fernando Haddad.

Ciro Gomes ainda afirmou que não fará campanha para Haddad, muito menos subirá em seu palanque para pedir votos contra a instalação da barbárie no Brasil.

Até porque, enquanto todos nós democratas e progressistas estivermos lutando incansavelmente para que o fascismo não avance nesse país, Ciro e sua família estarão em viagem à Europa gozando do que deve considerar merecidas férias.

Declarou ainda que estará de volta a tempo de votar no segundo turno.

No mais, não deixou exatamente claro o que fará quando estiver sozinho naquele momento único entre ele e a urna.

Vou confessar-lhes uma coisa: nunca me senti tão honrado em não votar num candidato

Themes
ICO