Brazil

Pacheco diz que Senado fará "defesa do Congresso Nacional" no caso do orçamento secreto

O presidente do Senado disse que "providências serão tomadas para obter "conhecimento pleno em relação a esse fato", mas evitou qualquer julgamento

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Questionado pelos senadores Jorge Kajuru (Podemos-GO) e Lasier Martins (Podemos-RS) sobre como o Senado procederá em relação à revelação do "orçamento paralelo", emendas no valor de R$ 3 bilhões à base de apoio bolsonarista no Congresso Nacional para compra de máquinas agrícolas superfaturadas, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse que providências serão tomadas para obter "conhecimento pleno em relação a esse fato", mas evitou qualquer julgamento. 

"São ponderações importantes, tomaremos as providências para um conhecimento pleno em relação a este fato, para um pronunciamento que seja seguro, que seja tecnicamente adequado e que evite qualquer prejulgamento em relação a esse fato", disse Pacheco durante sessão do Senado nesta terça-feira (11).

Ele ainda defendeu que o Senado "faça a defesa" do Congresso Nacional e disse que o escândalo não deve ser "atribuído" ao legislativo: "Quando se ventila algo diferente dessa rotina absolutamente normal que é o processo de aprovação do Orçamento, tomaremos o cuidado de ter as informações necessárias e daremos efetivamente uma resposta que faça a defesa do Congresso Nacional em relação a episódios que, por vezes, não podem ser atribuídos ao Congresso Nacional". 

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Football news:

Scotland coach Clarke: There were a lot of good moments during the group stage, but no points scored
England are the most boring group winners in history. Two goals were enough! And at the World Cup, the Italians once became the first even with one
Dalic - to the fans after reaching the Euro playoffs: You are our strength, and we will be your pride
Modric became the youngest and oldest goalscorer in Croatia at the Euro
Czech Republic coach Shilgava: We came out of the group and fought with England for the first place. We got what we wanted
Gareth Southgate: England wanted to win the group and continue to play at Wembley-and it succeeded
Luka Modric: When Croatia plays like this, we are dangerous for everyone