Brazil

Pacientes sem covid em UTIs do GDF podem ser transferidos para Rede Sarah

 (crédito: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)

(crédito: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)

Acordo entre o Ministério Público Federal e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios viabilizou a transferência de pacientes sem coronavírus que estão em leitos de UTIs de hospitais da rede pública do DF para o Hospital Sarah Kubitschek. Oito pacientes já foram transferidos, liberando leitos nos hospitais do GDF.

A restrição a pessoas sem covid é porque a estrutura da UTI do Sarah é apenas pós-cirúrgica, ou seja, não possui todos os equipamentos convencionais de UTIs de hospitais gerais. Nesse sentido, o hospital conseguirá receber casos de pacientes que precisem de cirurgias neurológicas e ortopédicas, por exemplo. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde do DF, há uma centena de pacientes ortopédicos, ocupando leitos de UTI em seus hospitais. 

“A Rede Sarah nunca se negou a prestar qualquer tipo de apoio nesse contexto, inclusive mantendo canal de interlocução direta com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, e explicaram a inviabilidade técnica de receberem em seus leitos de UTI pacientes acometidos de COVID”, aponta o documento do MPF.

Football news:

UEFA President: Relegation from the Champions League is no longer a sporting failure, but a production risk that not everyone is willing to accept
Wolverhampton named themselves the 2018/19 Premier League champions on Twitter. Wolves then became the first after the 6 founders of the Super League
Ryan Mason became the acting coach of Tottenham after the resignation of Mourinho
Gianni Infantino: FIFA strongly disapproves of the creation of the Super League. We must protect the model of European football
I'm not here to lose. Four dismissals of Jose - in pictures
Neville on Klopp's words: He can't say what he wants. The owners threw him under the bus, he hates every detail of the Super League more than me
Perez on Super League: It wasn't hard to convince Laporte. This is for the future of Barcelona