Brazil

Pela 1ª vez, mais brasileiros apoiam impeachment de Bolsonaro

A nova pesquisa do Instituto Datafolha, publicada neste sábado (15), mostra que 49% dos brasileiros apoiam o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), enquanto 46% se posicionam contra a sua saída. É a primeira em que o grupo favorável ao afastamento apareceu numericamente à frente do grupo contra essa medida, de acordo com o instituto de pesquisas.

O levantamento indica ainda um crescimento da rejeição ao mandatário. Na última pesquisa, em março, 50% afirmavam se opor ao impeachment, enquanto 46% se declararam a favor. Houve, portanto, uma inversão de posições e uma situação inédita desde sua posse, em 2019.

Sobre o impeachment, na série de sondagens do Datafolha sobre o tema, chegou a ser rejeitado por 53% dos entrevistados em janeiro, ante 42% apoiando a cassação.

Apesar da vantagem numérica, a situação é de empate técnico entre as duas posições, pois a oscilação está dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O Datafolha entrevistou presencialmente 2.071 pessoas em todo o Brasil nos dias 11 e 12 de maio. O nível de confiança é de 95%.

Perfis
O detalhamento da pesquisa revela ainda que o apoio ao afastamento de Bolsonaro é maior entre jovens de 16 a 24 anos (57%), moradores do Nordeste (também 57%), desempregados que procuram emprego (62%) e pessoas que dizem ter muito medo do coronavírus (60%). Já entre eleitores do ex-presidente Lula, o apoio ao impeachment atinge o pico de 74%.

Football news:

Scotland coach Clarke: There were a lot of good moments during the group stage, but no points scored
England are the most boring group winners in history. Two goals were enough! And at the World Cup, the Italians once became the first even with one
Dalic - to the fans after reaching the Euro playoffs: You are our strength, and we will be your pride
Modric became the youngest and oldest goalscorer in Croatia at the Euro
Czech Republic coach Shilgava: We came out of the group and fought with England for the first place. We got what we wanted
Gareth Southgate: England wanted to win the group and continue to play at Wembley-and it succeeded
Luka Modric: When Croatia plays like this, we are dangerous for everyone