Cultura

16/07/20 - 09h00

ROMA, 16 JUL (ANSA) – Tradicionalmente realizado na primeira semana de fevereiro, o Festival de Sanremo, principal competição musical da Itália, será adiado em um mês em sua edição de 2021.   

+ Polícia revela causa da morte de neto de Elvis Presley

Stefano Coletta, diretor da emissora pública Rai1, organizadora e transmissora do evento, afirmou que o concurso acontecerá entre 2 e 6 de março. Segundo ele, o objetivo é permitir que Sanremo seja realizado “em sua fórmula tradicional”. “Já estamos pensando em um plano B, mas um plano B não é Sanremo”, disse.   

Estão em vigor na Itália restrições contra aglomerações e presença de público em grandes eventos para conter a disseminação do coronavírus Sars-CoV-2, que já infectou mais de 243,5 mil pessoas e deixou cerca de 35 mil mortos no país.   

O festival acontece no Teatro Ariston, na cidade de Sanremo, sempre com ingressos esgotados. Coletta também confirmou a dupla de apresentadores para 2021: o diretor artístico Amadeus e o comediante Fiorello, que já conduziram o evento em 2020.   

“Será um Sanremo que reabrirá nossa normalidade”, garantiu.   

+ Gilmar Mendes diz não ter atingido honra das Forças Armadas
+ Flavia Pavanelli rebate críticas de haters após expor procedimentos estéticos
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

(ANSA)

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior