logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Brazil

Técnicos de Flu e Bahia se unem em ação contra o racismo antes de jogo

O jogo entre Fluminense e Bahia, disputado neste sábado no Maracanã, traz uma marca: é o único confronto entre os dois técnicos negros da Série A do Campeonato Brasileiro, Roger Machado, do lado dos baianos, e Marcão, dos cariocas. E os clubes se uniram para ressaltar a situação e se opor ao racismo.

Roger e Marcão utilizaram camisas para divulgar a ONG Observatório do Discriminação Racial no Futebol, que denuncia o preconceito que ainda persiste no esporte e procura lutar contra ele através da conscientização dos torcedores e outros tipos de ações. Fluminense e Bahia combinaram a ação publicamente através do Twitter, durante a semana.

Não é a primeira vez que Roger divulga a ONG. Na partida contra o Grêmio, o técnico do tricolor baiano também vestiu a camisa, assim como o comandante adversário da ocasião, Renato Gaúcho.

Em 2019, o Bahia estruturou o departamento de marketing e realizou diversas ações em defesa de temas de direitos humanos. O clube já manifestou contra a LGBTfobia, contra a violência no futebol, em favor da demarcação de terras indígenas, tornou mais fácil para torcedoras denunciarem assédios nos estádios após saber de um caso através das redes sociais e abriu sua loja oficial para a realização de testes de DNA em uma campanha sobre abandono paterno.

Themes
ICO