Portugal

Covid-19: Madagáscar confirma prisão de detrator de chá milagroso

"A sentença de 44 meses de prisão do meu irmão acaba de ser confirmada pelo tribunal de recurso de Antananarivo", disse Bodo Fabre, a irmã do antigo ministro das Comunicações, acusando os juízes de parcialidade.

Os advogados de Rahajason tinham descrito o julgamento como um acerto de contas político. "Quando a política entra no tribunal, a justiça sai", disse o advogado Erick Rafidison, apelando à libertação do seu cliente.

Muitos médicos criticaram um chá à base de artemísia, chamado Covid Organics, apresentado como uma cura milagrosa pelo Presidente Andry Rajoelina. Um destes médicos, Berija Ravelomanantsoa, foi preso por ter criticado o chá de ervas na rede social Facebook.

Em 13 de julho de 2020, dois jovens desfraldaram uma faixa numa estrada movimentada da capital, exigindo a libertação do médico. Quando interrogado, um deles terá indicado Rahajason como o instigador desta operação, o qual acabou por ser preso três dias depois.

Na audiência, esta testemunha voltou atrás com as suas acusações. O antigo ministro, de cabelo branco, visivelmente abalado pelos primeiros meses de detenção, disse que não conhecia os manifestantes.

"Sou jornalista por formação. Tenho duas estações de rádio (...). Porque deveria pagar hoje aos jovens para pedir a libertação de alguém que nem sequer conheço", questionou.

O tribunal de recurso, contudo, confirmou a culpa do ministro do ex-Presidente Hery Rajaonarimampianona (2014-2018), por cumplicidade na organização desta manifestação.

"A liberdade de expressão e opinião são garantidas pela Constituição em Madagáscar", recordou o advogado de defesa durante a audiência.

Os advogados franceses do antigo ministro, William Bourdon e Amélie Lefebvre, disseram em fevereiro que tinham encaminhado o caso para o Comité dos Direitos Humanos das Nações Unidas.

Leia Também: Covid-19: Madagáscar anuncia vacinas e limita comunicação sobre pandemia

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Football news:

The Spanish fan has been going to the matches of the national team since 1979. He came to the Euro with the famous drum (he could have lost it during the lockdown)
Ronaldo removed the sponsored Coca-Cola at a press conference. Cristiano is strongly against sugar - does not even advertise it
Sweden forward Isak: I would like to have a little more possession. But we are happy with the point
Luis Enrique: Spain tried to create chances, but the pitch was not the best. Players complained
Laporte on Morata's blunder: He will shut everyone's mouths by scoring three goals in the next match
Messi scored from Chile's free kick. He became the record holder of Argentina for goals in official matches
Spain scored 2 shots on target in the 2nd half against Sweden-both after 89 minutes