Portugal

Dragões' falham pela 16.ª vez recuperação de mais de um golo

Em Sevilha, que hoje foi a casa dos ingleses, depois de ter sido a dos portugueses na quarta-feira, um golo de Taremi, aos 90+4 minutos, foi insuficiente para 'apagar' os da primeira mão, apontados por Mount (32) e Chilwell (85).

Desta forma, e apesar de uma longe história europeia, o FC Porto continua sem conseguir virar qualquer desaire por dois ou mais golos: o máximo que conseguiu foi virar um tento de desvantagem, em seis ocasiões.

Após começarem a perder, os 'dragões' só lograram dar a volta a Vejle (1981/82), Dínamo Zagreb e Glasgow Rangers (ambos em 1983/84), Vitkovice (1986/87), Panathinaikos (2002/03) e Roma (2018/19).

Estes desaires foram, porém, por apenas um golo -- 1-0 ou 2-1 -, e só numa ocasião é que a reviravolta aconteceu em reduto alheio, nos quartos de final da Taça UEFA de 2002/03, com um triunfo na Grécia por 2-0, após prolongamento.

Depois de um desaire por 1-0 nas Antas, culpa de um tento do internacional polaco Emmanuel Olisadebe (73 minutos), os comandados de José Mourinho venceram em Atenas por 2-0, com um 'bis' de Derlei (16 e 103).

Os 'dragões' acabaram por vencer a Taça UEFA, curiosamente em Sevilha, onde disputaram com o Chelsea o acesso às meias-finais da edição 2020/21 da 'Champions', culpa das restrições relacionadas com a pandemia de covid-19.

No 'papel', o primeiro jogo foi em casa portista, pelo que se tratou apenas da quarta vez que os 'azuis e brancos' perderam uma primeira mão como anfitriões por mais do que um golo, depois de dois desaires por 2-0, com Nantes (1971/72) e Juventus (2016/17), e um por 5-0, com o Liverpool (2017/18).

Em 1971/72, na primeira eliminatória da Taça UEFA, o FC Porto empatou 1-1 em França, em 2016/17, nos 'oitavos' da 'Champions', perdeu por 1-0 em Turim, e, em 2017/18, ficou-se por um empate a zero em Anfield Road.

Os 'dragões' nunca deram a volta em reduto alheio a uma desvantagem de dois ou mais golos, mas também nunca o conseguiram fazer nas Antas ou no Dragão.

O FC Porto começou cinco eliminatórias fora com desaires por 2-0, face a Hamburgo (1975/76), Standard Liège (1981/82), FC Barcelona (1985/86), Borussia Dortmund (2015/16) e Liverpool (2018/19), e uma por 3-1, com Tottenham (1991/92).

Face aos outros adversários, os 'dragões' venceram o Hamburgo por 2-1, empataram 2-2 com o Standard Liège e 0-0 com o Tottenham, e perderam por 1-0 com o Borussia Dortmund e por 4-1 com o Liverpool.

O FC Porto também não conseguiu superar diferenças superiores a dois golos sofridas fora, o que aconteceu face a Hannover (0-5, em 1965/66), Hibernian (0-3, em 1967/68), AEK (1-6, em 1978/79), Anderlecht (0-4, em 1982/83), PSV Eindhoven (0-5, em 1988/89) e Manchester United (0-4, em 1996/97).

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Football news:

Neymar has extended his contract with PSG until 2025
Zidane on Hazard laughing after Chelsea: Eden apologized, he didn't mean to offend anyone. This is in the past
Juventus refused to sell de Ligt to Chelsea and Barca. The offers came about 10 days ago
Real Madrid, Barcelona and Juve sent letters to 7 Super League clubs and threaten them with legal consequences for withdrawing from the tournament
Julen Lopetegui: Zidane is the perfect coach for Real Madrid. His work speaks for itself
Hazard will be hard to convince to leave Real Madrid. He receives 15 million euros, his contract is valid for another 3 years
Neymar will receive 30 million euros a year under a new contract with PSG