Portugal

Homem encontrado morto em casa no meio de pilha de lixo

Um acumulador foi encontrado morto em casa, no meio de um monte de lixo até ao tecto, em Birmingham, no Reino Unido.

Segundo a publicação Mirror, James Petit, de 63 anos, estava enterrado debaixo de tanto lixo que a polícia teve que pedir ajuda especializada para remover o corpo. Foram necessários três camiões para retirar os resíduos acumulados na casa.

À mesma publicação, uma fonte revelou que as condições no interior eram deploráveis. "Era dez vezes pior no andar de cima", confirmou.

Segundo os vizinhos, Pettit era um ex-funcionário da National Grid, vivia na propriedade há cerca de quatro décadas. De acordo com as testemunhas, o homem terá sofrido um acidente há cerca de dois anos ao descer as escadas.

"Entrei na casa dele há 25 anos e não havia espaço. Só poderia ter piorado desde então", disse uma testemunha.

A polícia foi chamada para a morada na terça-feira à tarde e permaneceu no local até ao dia seguinte.

Um porta-voz da polícia de West Midlands confirmou a investigação ao informar que "a polícia foi chamada para uma propriedade em Bickton Close, na área de Erdington, em Birmingham, após um alerta sobre o estado de saúde de um homem."

"Infelizmente encontrámos o corpo de um homem de 63 anos. A morte não está a ser tratada crime", afirmaram as autoridades.