Portugal

Operação policial com 25 mortos é a mais letal da história do Rio de Janeiro - Especialistas

Actualidade

Operação policial com 25 mortos é a mais letal da história do Rio de Janeiro - Especialistas

Uma violenta ação policial realizada hoje contra um grupo criminoso numa favela do Rio de Janeiro, que fez pelo menos 25 mortos, é já considerada por especialistas a operação autorizada mais letal da história daquela região.

Dados oficiais indicam que um agente policial perdeu hoje a vida após levar um tiro na cabeça e que 24 suspeitos morreram durante a operação na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, num momento em que este tipo de ações foram restringidas pela justiça, devido à pandemia de covid-19.

Peritos de segurança pública consultados pela agência espanhola EFE garantiram que se trata de "o maior massacre da história do Rio de Janeiro", porque, na visão dos especialistas, acabou por ser uma "operação de vingança" após a morte do agente da polícia.

Football news:

Smertin recalls Euro 2004: he almost fought in the joints, defended against the young Cristiano and understood the excitement of the Bridge
Gareth Southgate: We shouldn't be football snobs. In matches with top teams, diversity is important
Leonid Slutsky: I am still sure that the Finnish national team is the outsider of our group. They were very lucky against Denmark
I'm not a racist! Arnautovic apologized for insulting the players of the national team of North Macedonia
Gary Lineker: Mbappe is a world-class star, he will replace Ronaldo, but not Messi. Leo does things that others are not capable of
The Spanish fan has been going to the matches of the national team since 1979. He came to the Euro with the famous drum (he could have lost it during the lockdown)
Ronaldo removed the sponsored Coca-Cola at a press conference. Cristiano is strongly against sugar - does not even advertise it