Portugal

Ventura vai pedir apoio ao CDS para as presidenciais

Foi no final do Congresso do CDS, no passado dia 26 de janeiro, que André Ventura tomou a sua decisão final de se candidatar. Apercebendo-se de que a nova liderança dos centristas não seria tão entusiasta de Marcelo Rebelo de Sousa quanto Assunção Cristas, o líder do Chega considerou que poderia obter o apoio de Francisco Rodrigues dos Santos na corrida às presidenciais. A prioridade será convencer “Chicão” a não apoiar a recandidatura de Marcelo. Na próxima semana, os dois líderes deverão reunir-se pela primeira vez.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.