Depois de ter comercializado globalmente 642.253 veículos, em 2018, tudo indica que a Volvo se prepara para bater novo recorde de vendas este ano pois, de Janeiro a Novembro, a marca sueca ultrapassou as 600.000 unidades – algo que acontece pela segunda vez na sua história. As 631.213 novas viaturas transaccionadas em todo o mundo, no acumulado destes 11 meses, oferecem ao fabricante de Gotemburgo uma perspectiva de fecho do ano animadora, representando um crescimento de 8,4% quando comparado com o período homólogo de 2018.

Em Portugal, o incremento das vendas da Volvo é ligeiramente mais elevado, com um crescimento de 8,9% de Janeiro a Novembro. No acumulado do ano, a marca sueca transaccionou no mercado português 4935 novos automóveis, de acordo com os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP. Daí que a nota enviada à imprensa sublinhe que a Volvo está “perto de atingir e ultrapassar as 5088 unidades registadas em 2018”. A confirmarem-se essas previsões, 2019 será o 7º ano consecutivo em que o construtor sueco cresce no nosso país.

Entre as “estrelas da companhia”, isto é, os modelos com maior procura, Novembro continuou a destacar a enorme apetência por SUV. O XC60, com 18.955 unidades, o XC40 (14.478) e o XC90 (9.087) foram as grandes bases da performance comercial da Volvo, a nível mundial, no mês passado.