Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Angola: Polícia desencoraja adesão à campanha “Dia 31 Fica em Casa”

A Polícia Nacional (PN) desencorajou, esta quinta-feira, a adesão dos cidadãos a actos que promovam o vandalismo e a desobediência civil, incluindo a intimidação de trabalhadores de exercerem os seus direitos elementares.

Em comunicado, a PN diz estar a acompanhar com “elevada atenção a difusão e partilha, nas redes sociais, de matérias com conteúdos que visam instaurar um clima de desordem, insegurança e convulsões sociais”.

Nas últimas semanas, um movimento iniciado nas redes sociais, por activistas, está a apelar aos angolanos para ficarem em casa na sexta-feira, 31 de Março, como forma de protesto contra o desemprego e ao que consideram más condições de vida.

O comunicado da PN refere que tais condutas visam promover a rebelião e a violência, assim como impedir os trabalhadores de cumprirem com as suas responsabilidades laborais, actos que constituem crimes.

Forças de segurança prontas para eventualidades

O documento informa que as forças da ordem estão atentas e prontas para darem resposta a quaisquer actos que visem perturbar ou subverter a ordem e tranquilidade públicas, bem como limitar o exercício dos direitos e liberdades dos cidadãos.

A Polícia reitera que aqueles que persistirem na prática de condutas contrárias à lei e ordem serão responsabilizados criminalmente.