Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Aviões de guerra chineses cruzam linha mediana do estreito e Taiwan envia militares

A força aérea de Taiwan entrou em ação neste domingo após avistar 10 aviões de guerra chineses cruzando a sensível linha mediana do Estreito de Taiwan, ao mesmo tempo em que o Ministério da Defesa da ilha afirmou que quatro navios de guerra chineses também realizavam patrulhas de combate.

Esta é a segunda vez em menos de uma semana que Taiwan relata nova atividade militar chinesa, após o voo de 37 aeronaves militares chinesas na quinta-feira para a zona de defesa aérea da ilha, algumas das quais rumo ao oeste do Pacífico.

A China, que vê Taiwan governada democraticamente como seu próprio território, enviou regularmente, nos últimos três anos, sua força aérea para os céus próximos à ilha, embora não para o espaço aéreo territorial de Taiwan.

Em um breve comunicado, o Ministério da Defesa de Taiwan disse que detectou neste domingo, a partir das 14h (horário local), 24 aviões da força aérea chinesa, incluindo caças J-10, J-11, J-16 e Su-30, bem como bombardeiros H-6.

Ele não especificou para onde a aeronave voou, mas disse que 10 cruzaram a linha mediana do Estreito de Taiwan, que separa os dois lados e já havia servido como uma barreira não oficial. A China diz que não reconhece isso e o cruza rotineiramente desde o ano passado.

Quatro navios da marinha chinesa também estavam envolvidos em “patrulhas conjuntas de prontidão de combate”, acrescentou o ministério, sem dar detalhes.

Por Ben Blanchard; reportagem adicional de Martin Pollard em Pequim