Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Jato chinês realizou manobra “agressiva” perto de avião militar dos EUA, diz Pentágono

Um caça chinês realizou uma manobra “desnecessariamente agressiva” perto de um avião militar dos Estados Unidos em espaço aéreo internacional sobre o Mar da China Meridional, disseram os EUA nesta terça-feira.

O comando militar dos EUA responsável pela região do Indo-Pacífico disse, em comunicado, que a aeronave chinesa J-16 realizou a manobra na semana passada e forçou o avião norte-americano RC-135 a voar em meio à turbulência.

“Os EUA continuarão a voar, navegar e operar — com segurança e responsabilidade — onde quer que a lei internacional permita” afirmou.

Um vídeo mostrou um caça a jato passando na frente do nariz do avião dos EUA, e a cabine do RC-135 balançando na turbulência.

A embaixada chinesa em Washington não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

No passado, a China disse que o envio de navios e aviões pelos EUA ao Mar da China Meridional não era bom para a paz.

Ações como essa acontecem ocasionalmente. Em dezembro, um avião militar chinês chegou a 3 metros de uma aeronave da Força Aérea dos EUA e a obrigou a fazer manobras evasivas para evitar uma colisão no espaço aéreo internacional.

Por Idrees Ali