Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Milhares de israelitas voltam à rua para protestar contra reforma judicial

Milhares de israelitas saíram de novo às ruas de várias cidades, para protestar contra a reforma judicial do Governo de Benjamin Netanyahu, que consideram uma ameaça à democracia.

Desde o anúncio em janeiro do plano de reforma do sistema judicial, dezenas de milhares de pessoas têm-se manifestado todas as semanas, num dos maiores movimentos de protesto da história de Israel.

Sob calor intenso, milhares de manifestantes juntaram-se, gritando “Democracia, Democracia”, agitando bandeiras israelitas, sobretudo nas cidades de Haifa, Telavive, Jerusalém, Petah Tikva e Rehovot.

“Perante um Governo que se apressa a destruir a democracia, só nós, os cidadãos, podemos parar o comboio da ditadura”, escreveram os organizadores na convocatória para a manifestação.

Em Telavive, membros de um grupo de veteranos do Exército formaram uma corrente humana para bloquear a entrada principal do quartel-general.

Os manifestantes também bloquearam várias estradas e marcharam numa rodovia a norte de Telavive.