Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Peregrinação católica reúne mais de cinco mil fiéis em procissão de velas

Como símbolo de manifestação e reforço da fé, mais de cinco mil fiéis católicos participaram hoje (sábado) de uma procissão de velas por ocasião da peregrinação anual ao Santuário de Nossa Senhora Maria Auxiliadora de Ndalatando, capital do Cuanza Norte.

Marcado por momentos de oração, cânticos e louvor a Deus, o evento considerado de devoção a Deus e renovação espiritual dos fiéis, percorreu cerca de cinco quilómetros das artérias da cidade de Ndalatando até ao santuário Mariano, localizado no bairro Kipata.

Segundo o responsável do santuário, padre Gino Favor, a presente peregrinação retoma dois anos após um período de paralisação em decorrência da pandemia da Covid-19.

Considerou que é uma oportunidade para os fiéis rezarem pelo alcance de graças para o sucesso na vida, convivência fraterna na família, busca da cura, agradecimento por sucessos alcançados na vida, entre outros.

Para este ano, informou, a peregrinação decorre sobre o lema “Com Maria, considerada luz e esperança de todos os povos vamos caminhar todos juntos”.

O jovem Adão Fortunato, do município de Cambambe, disse que participa do evento para agradecer a Deus pelo acesso ao ensino superior, após longos anos de tentativa.

O fiel Eugénio Tchivala, da província do Huambo, contou ser a primeira vez que participa do evento, que para si está a representar uma verdadeira oportunidade de renovação de fé e busca de graças, sobretudo, saúde.

Eduardo Manuel, do município do Libolo, na província do Cuanza Sul, participa na peregrinação para agradecer pelas graças alcançadas no emprego e em alguns projectos pessoais.

Com periodicidade anual, a peregrinação é uma iniciativa dos padres Salesianos de Dom Bosco que exercem actividade missionária no Cuanza Norte desde os finais dos anos 80 e tutelam o santuário de Maria Auxiliadora de Ndalatando.

Da actividade participam fiéis de dez províncias de Angola onde os missionários Salesianos de Dom Bosco estão representados.

A peregrinação termina domingo com uma missa, que está a ser antecedida por vigília, neste sábado. LJ/IMA