Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Presidente João Lourenço enaltece Corredor do Lobito para África Austral

O Presidente da República, João Lourenço, considerou ser hoje, terça-feira (4 de Julho), um dia memorável para Angola, ao abrir as suas portas para a integração regional através do Corredor do Lobito.

Numa publicação na conta pessoal no Facebook, o Chefe de Estado sublinhou o facto de o Corredor do Lobito ser um conjunto de infra-estruturas que vão acelerar as transacções comerciais de países vizinhos com o mundo.

Segundo o Presidente, o Caminho-de-Ferro de Benguela e o Porto do Lobito servirão de “hub regional”, sobretudo para Zâmbia e a República Democrática do Congo (RDC), gerando mais empregos para a juventude e receitas para o país.

O acto de transferência da concessão dos serviços ferroviários e de logística de suporte ao Corredor do Lobito ao consórcio Lobito Atlantic Railway acontece hoje, na cidade com o mesmo nome, na província de Benguela.

Para testemunhar a transferência da concessão, a par do Presidente João Lourenço, estão os homólogos da Zâmbia, Hakainde Hichilerma, e da RDC, Félix Tshisekedi.

O Lobito Atlantic Railway, consórcio considerado vencedor do concurso internacional para exploração do Corredor, no dia 4 de Novembro de 2022, é formado pelas empresas Trafigura, Vecturis e Mota-Engil.

O consórcio prevê, ao longo de 30 anos, aumentar a frequência diária para 50 comboios e garantir 1.600 empregos directos.

Terá como responsabilidade a transportação de cargas de grande porte, como por exemplo os minérios provenientes da República Democrática do Congo e da Zâmbia, bem como a manutenção das infra-estruturas (oficinas, a linha férrea).

Com gestão privada, o Corredor do Lobito integra o Porto do Lobito, o Terminal Mineiro, o Aeroporto da Catumbela e o Caminho-de-Ferro de Benguela. AL/ADR