Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

São Tomé e Príncipe: BAD assina acordo para a melhoria do sistema de pagamento do National Switch

O Grupo Banco Africano de Desenvolvimento (www.AfDB.org) e o governo de São Tomé e Príncipe assinaram um acordo de empréstimo de 3,2 milhões de dólares para melhorar o sistema de pagamento do National Switch, que apoia a compensação e liquidação de pagamentos de alto valor e no retalho em todo o país.

A atualização permitirá módulos de Liquidação Bruta Automática em Tempo Real (RTGS) e funcionalidades de Câmara de Compensação Automática que reforçam a compensação e liquidação de pagamentos. Através dos RTGS, as transferências de elevado valor são liquidadas no Banco Central em tempo real, reduzindo os riscos de liquidez e de crédito dentro do sistema. A atualização permitirá o aumento dos pagamentos digitais, do dinheiro móvel e de outros serviços digitais.

O Conselho de Administração do Banco aprovou o empréstimo a 8 de março com fundos a serem desembolsados pelo Fundo Fiduciário da Nigéria. O Fundo é uma das armas do Grupo Banco que apoia os esforços de desenvolvimento dos países membros regionais de baixo rendimento que necessitam de financiamento em condições concessionais. Este financiamento irá complementar uma subvenção do Fundo Africano de Desenvolvimento, de 2 milhões de dólares, feita em 2017, para apoiar o país com o moderno Sistema de Transferências Automáticas (ATS+). O Fundo Africano de Desenvolvimento é a principal janela de empréstimos em condições preferenciais do Banco.

O acordo foi assinado a 23 de março de 2023 durante uma breve cerimónia em que participaram o Ministro do Plano, das Finanças e da Economia Azul de São Tomé e Príncipe, Ginésio da Mata, e o representante do Banco para Angola e São Tomé e Príncipe, Pietro Toigo.

Comentando a assinatura, Ginésio da Mata disse: “Este fundo facilitará a inclusão financeira da população e uma maior digitalização dos serviços financeiros”.

Toigo disse: “Estamos encantados com o apoio do Governo nigeriano e a determinação de São Tomé e Príncipe em integrar o seu sistema financeiro na economia continental e global”.