Angola
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

SPCB recupera mais de 100 milhões de kwanzas nos escombros do edifício 41

O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB) descartou, este domingo, a existência de vítimas humanas no desabamento do edifício 41, destacando a recuperação de 134 milhões de Kwanzas.

A quantia encontra-se sob custódia das autoridades, após ter sido formalizado o termo de apreensão.

Os cidadãos que pretendam reclamar o montante devem fazê-lo nos termos da lei.

Em conferência de imprensa, o porta-voz do SPCB, Felix Domingos, afirmou, há poucas horas do fim da remoção dos escombros, ser uma certeza a inexistência de qualquer morte ou ferido, contrariando informações veiculadas nas redes sociais.

Esclareceu que os trabalhos de remoção dos escombros poderão ser concluídos nas primeiras horas da tarde de hoje, para posterior vedação do local. Deverá, igualmente, ser feita limpeza do pavimento da Avenida Comandante Valódia para, às 6h00 de segunda-feira, ser reaberta ao trânsito.

Disse que antes do reinício dos trabalhos de hoje foram dadas duas horas para as famílias reconhecerem e levarem alguns pertences encontrados nos escombros.

O edifício, localizado na zona do Kinaxixi, Avenida Comandante Valódia, Luanda, ruiu por volta das 02h00 da madrugada de sábado.

O imóvel, pertecente a empresa privada Fundinveste, já havia sido evacuado pelas autoridades, há alguns dias, depois de a perícia técnica ter revelado risco de desabamento.

A falta de manutenção e alterações que impactaram no tempo de vida útil da estrutura estão na base do desabamento do edifício 41, na madrugada deste sábado, na Avenida Comandante Valódia, em Luanda.VS/ART