Brazil

Armênia declara lei marcial após escalada de conflito militar com Azerbaijão em Nagorno-Karabakh

As forças armênias derrubaram dois helicópteros e três drones do Azerbaijão na zona de conflito de Nagorno-Karabakh, segundo o Ministério da Defesa da Armênia

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - As forças armênias derrubaram dois helicópteros e três drones do Azerbaijão na zona de conflito de Nagorno-Karabakh, segundo o Ministério da Defesa da Armênia.

A porta-voz do ministério arménio, Shushan Stepanian, publicou no Facebook que "houve um ataque aéreo e com mísseis contra Artsaque [designação arménia de Nagorno-Karabakh]".

"A Armênia derrubou dois helicópteros e três drones inimigos. Os combates continuam", ressaltou.

O governo armênio declarou a lei marcial e a mobilização geral devido à escalada na região de Karabakh, informou o primeiro-ministro do país, Nikol Pashinyan.

"Por decisão governamental, na República da Arménia é declarada a lei marcial e a mobilização geral. A decisão entrará em vigor após a publicação oficial. Apelo a todos os que estão adstritos às tropas para se apresentarem aos seus comissariados militares territoriais", escreveu o ministro no Facebook.

Após surgir a informação de que a Organização do Tratado de Segurança Coletiva teria sido chamada para resolver o conflito em Nagorno-Karabakh, o porta-voz da organização, Vladimir Zainetdinov.

"No momento não há informações de que a Armênia tenha pedido ajuda [...] Nós sempre somos a favor da resolução do conflito, mas é preciso entender que o mecanismo de regularização é o Grupo de Minsk da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa", afirmou.

Até o momento, o Azerbaijão confirmou a perda de um helicóptero militar, segundo o Ministério da Defesa. A entidade disse não ter ainda informações sobre mortos e feridos durante os ataques armênios contra as posições de suas tropas na zona de conflito de Nagorno-Karabakh e em suas proximidades.

O Exército do Azerbaijão, por sua vez, anunciou uma contraofensiva "em toda a linha de frente", com o apoio de carros de combate, forças de artilharia, mísseis, aviões e drones.

"Segundo a informação disponível, 12 sistemas de mísseis da defesa antiaérea da Armênia foram destruídos", ressaltou a nota.

O presidente da república não reconhecida de Nagorno-Karabakh decretou a lei marcial no território, além de anunciar uma mobilização geral, segundo o porta-voz Vahram Poghosyan.

"Com base na atual situação, foi convocada uma reunião extraordinária da Assembleia Nacional. Falando ante os deputados, anunciei ter decretado a lei marcial e a mobilização geral de pessoas maiores de 18 anos", declarou Harutyunyan.

Anteriormente, as autoridades de Nagorno-Karabakh informaram sobre disparos da artilharia do Azerbaijão contra a capital, Stepanakert, e diversas outras cidades, enquanto o primeiro-ministro armênio, Nikol Pashinyan, informava sobre o início de uma ofensiva inimiga.

Football news:

Lautaro Martinez: Messi is the best in the world. He is always one step ahead of the rest
The Atletico stadium was painted pink as part of the campaign to fight breast cancer
Frank Lampard: nothing comes easy in the Champions League. This is a great platform to learn new things
Ronaldo was not included in the Juve bid for the match against Dynamo Kyiv
Bruno on the role of captain: I didn't expect it. Tomorrow it's not about me, it's about the team. Everyone should be a leader
Ronaldo, Muller, van Basten, Bergkamp and Cruyff are among the nominees for the best centre forward in history (France Football)
UEFA can expand the Champions League to 36 teams from the 2024/25 season. Each club will play 10 matches in the group stage