Brazil

Atlantic Nickel vai investir US$ 355 milhões no Sul da Bahia

Vida longa
A Atlantic Nickel, que opera uma mina no município de Itagibá, ampliou de oito para 34 anos a expectativa de operação na Mina Santa Rita, no Sul da Bahia. A divulgação do novo Plano de Aproveitamento Econômico (PAE) representa um marco para a empresa, pois consolida a companhia como uma das principais fornecedoras de níquel sulfetado do mercado mundial e a única atualmente em operação na América Latina. “Esse novo plano econômico eleva a Atlantic Nickel para um novo patamar internacional, com uma operação cada vez mais sustentável. Com menos emissão de carbono, mais segura e responsável e com um produto de excelente qualidade para atender à demanda não só de baterias elétricas, mas ao amplo mercado de eletrificação”, afirma Paulo Castellari, CEO do grupo Appian no Brasil, detentor da Atlantic Nickel. 

Mina subterrânea
A previsão é de oito anos em operação a céu aberto e mais 26 de mina subterrânea. Até 2028, a empresa deve manter exclusivamente a operação a céu aberto, com expectativa de ampliar a capacidade de produção entre 20 e 25 mil toneladas de níquel por ano. A operação subterrânea deverá demandar investimentos de US$ 355 milhões (equivalentes a R$ 1,8 bilhão) num intervalo de cinco anos. A Atlantic Nickel iniciou as operações no sul da Bahia em outubro de 2019, sob gestão do Grupo Appian Brazil, fundo de investimentos britânico que adquiriu 100% da empresa em 2018.

Esperava mais
As licitações dos terminais do Porto de Aratu são um pedido antigo da comunidade portuária baiana. Por um motivo ou outro, nunca aconteceram. O problema é que agora, com a divulgação dos editais, as condições apresentadas deixaram a desejar. Paulo Villa, diretor-executivo da Associação dos Usuários de Portos da Bahia (Usuport) diz que os leilões dos terminais ATU 12 e ATU 18, previstos para o dia 22 de dezembro causou "perplexidade" nos associados da entidade. Os editais prevêem investimentos totais de R$ 1,2 bilhão no ATU 12 e de R$ 396 milhões, ao longo de 25 anos. "A gente acompanha o trabalho que está sendo desenvolvido pelo Ministério da Infraestrutura, mas o projeto que foi colocado é ruim e não atende a economia baiana", lamenta. Ele cita como exemplo o caso do ATU 12, que deverá movimentar granéis minerais. "Numa licitação com prazo de 25 anos, dimensionaram o equipamento para movimentar 3,1 milhões de toneladas por ano, sendo que hoje a movimentação já é de quase isso. São 2,7 milhões de toneladas", explica. 

Expansão acelerada
Apesar do cenário econômico atípico, reflexo da pandemia de covid-19, o Sistema Hapvida segue ampliando a presença no país. A operadora investiu R$ 167 milhões na estrutura física de 158 obras entregues até o último mês de agosto. Estão previstas ainda mais 187 obras, dentre elas 34 novas unidades para serem entregues até o próximo ano. Ao mesmo tempo, com R$ 3,4 bilhões de caixa livre, a companhia não descarta novas aquisições. “Temos em vista 15 targets entre operadoras de planos de saúde e hospitais. Sem contar a criação de novos leitos e oportunidades de empregos no setor, que devem ser alavancadas com essa expansão”, explica Bruno Cals, CFO do Sistema Hapvida.

#GPcomVc
O programa #GPcomVc – anunciado pelo Grupo Petrópolis para investir R$ 40 milhões na retomada segura de bares, restaurantes, botequins e outros estabelecimentos – terá um destaque especial para o Nordeste, que vai representar 40% do total do programa. Só na Bahia, serão 8 mil estabelecimentos, o equivalente a 20% do total. A ideia do GP é dar suporte em meio a problemas dos pontos de vendas com baixo fluxo de caixa, endividamento com fornecedores e dificuldades em obter linhas de créditos, além do alto custo para adequar os estabelecimentos às novas regras. O novo programa se soma às ações que o Grupo Petrópolis já vem realizando desde que a pandemia chegou ao Brasil, como doações de álcool em gel, máscaras e distribuição de kits para funcionários das fábricas instaladas no país.

Nova unidade
Referência em produtos naturais em Salvador, a Palato Especiarias, acaba de inaugurar sua segunda loja, no município de Simões Filho, com um investimento de 350 mil.

3D
A Clínica Sanjuan investiu cerca de R$ 250 mil em equipamentos e novas tecnologias este ano. O investimento inclui um aparelho exclusivo com simulação em realidade aumentada através da tecnologia 3D e inteligência artificial, que irá chegar na clínica agora em outubro. O aparelho permite que o paciente veja, antes da cirurgia plástica, a sua "versão" com a nova aparência em três dimensões, além de ajudar a alcançar um resultado mais seguro e natural. 

Football news:

Pep on the criticism: Defeat is becoming a disaster these days because of social media. Sometimes the opponent is better than us, this is life
FIFA about Bartomeu's words about the European super League: we do not know about any agreement
Brother, don't give up on him. He's playing against us. Benzema asked Mendy not to give the ball to Vinicius at half-time of the match with Borussia
In 2010, Pirlo negotiated with Barca. The main playmaker of the generation was ready to go to Pep even in the rotation
Chugainov about Loko in the Champions League: there are Chances to get out of the group. The team looks confident and worthy
Bayern and Alaba failed to agree a new contract for the third time
Atalanta and Ajax showed smart football: a lot of traps and subtle changes on the move